Esportes

Final Nacional

Lutadoras de Alto Piquiri representam bem o PR na final dos Jogos da Juventude do BR

19/11/2019 11H57

Maria Clara e Shaila lutam em Santa Catarina

Alto Piquiri – Duas estudantes e atletas de Alto Piquiri, Maria Clara Scarante e Shaila Beatriz Magalhães Pereira, ambas com 12 anos, estão disputando a fase final nacional dos Jogos Escolares da Juventude na modalidade Luta Olímpica estilo livre categoria 12 a 14 anos. Elas já foram campeãs paranaenses e viajaram confiantes em mais conquistas. Maria Clara já garantiu uma inédita medalha de bronze, e Shaila tem mais uma luta pela frente. O evento termina nesta quarta-feira.

Acompanhadas do professor Valdeci Aparecido Morotti, diretor da Escola Estadual Manuel Bandeira, onde elas estudam, as duas adolescentes estiveram em visita ao jornal Ilustrado antes da viagem e reafirmaram a confiança na conquista de novas medalhas no nacional que será disputado em Blumenau (SC) na praça esportiva do Vila Germânica.

Maria Clara, 8º ano e Shaila,7º ano, disseram que mesclaram os estudos com os treinamentos ao longo deste ano. Elas foram campeãs no meio do ano em Foz do Iguaçu, onde ocorreu a etapa final e única da modalidade de luta estilo livre, que consiste em tentar derrubar a adversária fazendo-a bater com as costas no piso. Quem faz isso ganha a disputa.

As duas atletas representam, além da Escola Estadual e do município de Alto Piquiri, o Núcleo Regional de Educação de Umuarama e o Paraná como um todo. Por isso, o professor Valdeci faz questão de agradecer a chefe do NRE, Gilmara Zanata, e os professores Valdecir Frasson e Silvia Sucupira, que ajudaram a levar as meninas para a final, além de vários apoiadores com destaque para a Unipar, Grupo First e Servale Pallets.

As meninas destacam ainda o trabalho coordenado pela professora de Educação Física, Katia Cosmo e pelo professor Sandro Mendonça, que não medem esforços para contribuir com a carreira das duas. E lembram também o trabalho de base de jiu-jitsu iniciado com Francisco Frison, o Chiquinho, que ajudou a abrir o horizonte delas para a luta olímpica.

Professor Valdeci também ressalta o apoio que sempre recebeu do jornal Umuarama Ilustrado, na pessoa do diretor Ilídio Coelho Sobrinho.