Umuarama

Aviso

Lojas que optarem em abrir até 20 horas precisam pagar hora extra, alerta sindicato

07/05/2021 09H05

Nas discussões se o comércio de Umuarama pode abrir ou não nesta sexta-feira (7), após as 18h, foi constatado pela Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (ACIU) e Sindicatos representantes do setor, que as empresas podem estender o horário de atendimento em duas, ou seja, possibilitando a abertura das lojas. Porém, o sindicato dos empregados alerta que o trabalho estendido precisa ser pago com adicional de 70% sobre o valor da hora normal e não com compensação de horas.

Na última semana, o funcionamento do comércio local em horário estendido nesta sexta-feira (7) chegou a ser anunciado até as 22h, entretanto, após diálogo entre os sindicatos ficou definido que o atendimento aos consumidores permaneceria até 18h. Mas, no fim da tarde de quarta-feira (5) foi identificado na Convenção Coletiva do Trabalho 2020/2021 – do setor – uma brecha permitindo o trabalho dos comerciários em horário estendido de duas horas, o que possibilita a abertura das lojas.

No imbróglio de abre ou não abre o comércio, o Sindicato dos Empregados do Comércio de Umuarama (Sidecomu) emitiu uma carta, ontem, ressaltando que realmente existe a possibilidade de trabalhar em horário estendido de duas horas. Ainda conforme o texto, emitido pelo sindicato, as horas trabalhadas a mais precisam ser pagas como horas extraordinárias e acrescidas do adicional de 70% sobre o valor da hora normal, além de ser vedada a compensação de horas.

Por outro lado, o setor jurídico do sindicato dos Sindilojistas de Umuarama explicou que a empresa que tiver acordo individual com os seus trabalhadores, desde que o acordo tenha anuência do sindicato, pode fazer o banco de horas se optar em abri nesta sexta-feira até as 20h.

Desta forma, cabe aos empresários buscarem informações individuais e claras, para evitar problemas futuros.