Umuarama

Meio Ambiente

Lixo deixado por parte da população continua poluindo o Lago Aratimbó

18/02/2021 10H12

O Lago Aratimbó é um dos poucos locais públicos para a população de Umuarama ter momentos de lazer, porém o local a cada ano sofre mais com o lixo deixado pelos visitantes. Garrafas, sacos, embalagem e copos estão por todo lado do lago e a cada chuva os resíduos vão parar nas margens da represa.

O cartão-postal de Umuarama já vem sofrendo há anos com o assoreamento, assunto que já foi abordado pela reportagem do jornal Umuarama Ilustrado, na qual, a administração municipal está finalizando um projeto para regularizar a drenagem pluvial do local. Entretanto, além da terra que é deslocada para o leito do lago, o local recebe diariamente lixo deixado pelos visitantes.

Mesmo com as lixeiras espalhadas em vários pontos do Lago Aratimbó, muitos visitantes simplesmente deixam o lixo jogado no chão. Ao caminhar pelo local é possível encontrar de garrafas de whisky a embalagens de condimentos utilizados por pessoas que comem no local, como também, restos de comida.

Na manhã de ontem uma frequentadora do lago ressaltou que principalmente depois dos fins de semana e feriados, mesmo com a pandemia, o lixo aumenta e a cena da falta de consciência dos visitantes do ambiente público é desoladora. “Caminho aqui quase todas as manhãs, mas o lago está tão feio e sujo, que a atividade que era para me dar saúde está me deixando triste”, disse Cleuza Martins.

Consumo de drogas

Outra reclamação de quem frequenta o Lago Aratimbó é a sensação de insegurança devido a grande quantidade de pessoas consumindo drogas no local. “Sempre vinha no lago nos fins de semana com meu marido e meu filho de 2 anos para brincar no parquinho. Mas o ambiente não é familiar, as pessoas ficam usando droga ao lado das crianças, é um cheiro insuportável de maconha. Agora só vou no meio de semana e pela manhã bem cedo”, ressaltou a mulher que preferiu não se identificar.

Melhorias

A administração municipal está finalizando um projeto para regularizar a drenagem pluvial do Lago Aratimbó. A obra consiste em deslocar a saída das galerias para a parte de baixo da Avenida Paraná e desta forma, evitar a continuidade do assoreamento. O estudo também visa colocar emissários nas saídas de todas as redes dos bairros lindeiros.

Entre o projeto para regularizar a drenagem pluvial do lago, a Prefeitura também está realizando um planejamento de melhorias estruturais e paisagísticas, porém, conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura de Umuarama, a prioridade são as obras no sistema de drenagem pluvial no entorno do lago para, em seguida, se realizar o desassoreamento. A revitalização deverá vir na sequência.