Cotidiano

Tapejara

Jovem sobrevive a tiro no peito. É a quarta vítima de 2020

06/05/2020 09H00

Um jovem de 21 anos sobreviveu a um tiro no lado esquerdo do peito. O crime ocorreu na noite desta segunda-feira (4), em Tapejara, a 50 km de Umuarama. Esse é o quarto crime contra a vida ocorrida na cidade desde o início de 2020.

VIOLÊNCIA

Em 2019, a cidade fechou o ano como a segunda cidade em número de mortes violentas entre os municípios que compõe a área da 7ª SDP (SubDivisão Policial), perdendo somente para a sede. Foram nove homicídios para uma população de 16.205 pessoas segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo período, Umuarama teve 12 execuções.

SOCORRO

O homem ferido nesta segunda-feira foi socorrido por amigos e encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e na sequência transferido em uma ambulância do Samu para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI)ddo Hospital Santa Casa, em Cianorte.

Segundo a PM, uma testemunha contou para a polícia que a vítima estava em um ponto de ‘boia-fria’ conversando com amigos, na rua Quintino Bocaiuva, no centro da cidade, quando dois homens chegaram ao local, um deles sacou a arma e efetuou o disparo. Os suspeitos fugiram antes da chegada da polícia e a vítima foi socorrida por amigos.

AUTORES

De acordo com a PM, testemunhas identificaram os autores e apesar de buscas realizadas pela PM, inclusive na residência dos suspeitos e de familiares, eles não foram encontrados. O caso será investigado pela Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste.

Esse é o quarto crime contra a vida que ocorre em Tapejara desde o início de 2020.

MORTES

No último dia 27 um homem de 41 anos foi executado com pelo menos 16 disparos de pistola quando jogava carteado em um tunguete clandestino em uma residência no centro da cidade. Quando o socorro chegou, a vítima já estava em óbito.

No dia 06 de março um adolescente foi morto e outro ficou gravemente ferido após serem alvejados no quintal de uma casa, também em Tapejara.