Cotidiano

FATALIDADE

Homem tem 70% do corpo queimado após explosão de botijão de gás

03/02/2021 19H56

Um homem de 44 anos teve 70% do corpo queimado após a explosão de um botijão de gás no início da manhã desta quarta-feira (3), em sua residência no Jardim São Cristóvão, em Umuarama. Moisés Alves, conhecido como “Negão”, foi socorrido pelos bombeiros e pelo Samu e permanecia internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Norospar até as 18h30 de quarta.

Com a força da explosão o telhado do imóvel ficou bem danificado e pedaços de telhas e madeira chegaram a atingir casas vizinhas. A residência de meia água fica nos fundos do quintal, que ainda tem uma segunda casa.

Possível vazamento

A suspeita inicial é de que tenha ocorrido um vazamento na mangueira do gás, que resultou na explosão. O acidente ocorreu próximo às 5 horas. Vizinhos acreditam que foi no momento em que a vítima se preparava para mais um dia de trabalho.

“Ele estava de férias e fazendo umas diárias para um parente”, contou o vizinho Paulo Sérgio, que foi um dos que acordou com a forte explosão. Paulo Sérgio relatou que já havia levantado e se arrumava para o trabalho quando houve o incidente.

A explosão

“Foi um barulho muito forte. A suspeita dos bombeiros é que foi uma faísca por causa de vazamento de gás”, relatou.

“Ele ficou muito ferido. Tremia muito e estava em carne viva e ficava encostado no meu muro até a chegada dos bombeiros e do Samu. Pediu água várias vezes. Os vizinhos davam água gelada. Foi horrível. Ele ficou muito ferido”, relatou Magna Ribeiro, que mora na casa ao lado do imóvel atingido.

Ela contou que havia levantado para tomar água quando ouviu a explosão. “Foi um susto. Chamei meu neto e olhei pela janela. Logo vi os vizinhos na rua e sai também. No meu quintal caiu pedaços de eternit e madeira que voaram”, relatou.