Cotidiano

SOLIDARIEDADE

Homem esfaqueado pelo genro não resiste e morre. Família doa rins

17/05/2020 19H17

A equipe médica realizou a coleta neste sábado no Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Umuarama (foto divulgação Insa)

Umuarama – A família de Edno Rosa da Silva, de 35 anos, autorizou a doação de seus dois rins após a confirmação de sua morte encefálica pela equipe médica do Hospital Nossa Senhora Aparecida, de Umuarama. A coleta dos órgãos foi realizada neste sábado (16). O gesto pode ajudar a recuperar a saúde de até duas pessoas.

UTI

Silva ficou gravemente ferido após ser esfaqueado pelo genro de 17 anos no último dia 12, durante uma discussão na rua Deputado Antonio Lustosa, em Douradina, a 58 km de Umuarama. Ele deu entrada direto na Unidade de Terapia Intensiva – UTI em estado grave.

GESTO DE AMOR

Segundo divulgado pela Casa de Saúde, o paciente não respondeu aos tratamentos e, no dia 13 de maio, a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgão e Tecidos do Instituto Nossa Senhora Aparecida – CIHDOTT-INSA deu início ao protocolo de morte encefálica, que segue critérios baseados na ausência da atividade cerebral, incluindo do tronco encefálico.

A constatação irremediável e irreversível da morte clínica do paciente de 35 anos ocorreu na madrugada do dia 15.

“Após a comunicação da morte pela equipe médica, fizemos o acolhimento da família, tiramos dúvidas sobre os procedimentos e informamos sobre o direito de doar, que é exclusivo da família. Mesmo se o doador de órgãos expressou esse desejo em vida, cabe à família autorizar ou não ”, explica a enfermeira Daniele Bilha Moro, integrante da CIHDOTT-INSA.

TRASLADO

Para esta captação foram deslocadas duas equipes: uma composta por motorista, enfermeiro e médico cirurgião habilitados para a remoção de órgãos, vindos do Hospital Uopeccan de Cascavel e um motorista de Maringá, para fazer o transporte do órgão até o aeroporto daquela cidade. De lá os rins seguiram para Curitiba, onde será transplantado nos receptores, de acordo com a lista de espera do Sistema Nacional de Transplantes. Duas pessoas serão beneficiadas.

Relembre o caso no link abaixo