Policial

MOREIRA SALES

Mãe e filha são baleadas no quintal de casa. Adolescente é suspeito

18/06/2020 08H48

Moreira Sales – Uma dupla tentativa de homicídio deixou mãe e filha feridas durante a noite desta quarta-feira (17), em Moreira Sales, a 58 km de Umuarama, segundo a Polícia Militar.

A mulher de 36 anos, foi atingida por disparos no abdome e após ser socorrida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Goioerê foi transferida para a Center Clínica, em Campo Mourão. Já a filha, uma adolescente de 17 anos, ficou ferida com um tiro no pé e passa bem.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Goioerê, Hélio Nunes, a suspeita é que o crime seja resultado de um desacerto comercial entre a mulher de 36 anos e um adolescente de 16 anos, apontado como autor dos disparos. O menor chegou a ser apreendido pela Polícia Militar, mas foi liberado após não ser formalmente reconhecido pela vítima.

“Acreditamos que a vítima não reconheceu o autor por medo de represália para ela e a família, mas temos outros meios de comprovar o envolvimento dele no crime”, esclareceu Nunes. De acordo com o delegado, o adolescente seria suspeito de um outro homicídio ocorrido no município, além de delitos como roubo, ameaça e dano. Já a vítima teria envolvimento com os crimes de receptação e tráfico de drogas.

O CRIME

Segundo a Polícia Militar, eram por volta das 19 horas de quarta-feira (17) e as vítimas estavam no quintal de casa, na avenida Fortaleza, em companhia de amigos e familiares quando o atirador entrou já efetuando disparos aparentemente com um revólver calibre 38.

Todos correram, mas a adolescente foi ferida no pé e sua mãe foi atingida por dois tiros. Após o matador fugiu. A PM foi acionada por vizinhos que informaram sobre um tiroteio. Quando os militares chegaram as vítimas feridas já haviam sido socorridas até a UPA de Goioerê, distante 26 km de Moreira Sales.

Em diligências da PM com apoio da equipe Rotam da 2ª Companhia do 7º BPM, o adolescente suspeito de efetuar os disparos foi localizado na avenida Fernando Adamo. O Conselho Tutelar foi acionado e o adolescente encaminhado para a delegacia.