Cotidiano

FEMINICÍDIO

Homem confessa morte de namorada e é preso em flagrante

10/09/2020 16H32

Um homem de 35 anos confessou para dois conhecidos que matou a namorada M.C.G., de 34 anos, segundo a Polícia Civil. O crime foi descoberto na noite desta quarta-feira (9), no apartamento da vítima em Iporã, após os conhecidos procurarem a delegacia para relatar o ocorrido, juntamente com o suspeito. O homem foi preso em flagrante acusado de feminicídio e está recolhido na cadeia pública de Iporã.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Iporã, Thiago Soares, durante o interrogatório, o suspeito permaneceu em silêncio e não informou a motivação do crime. No apartamento foram encontrados vestígios de drogas.

DESAPARECIDO

Segundo a Polícia Militar, o autor seria funcionário de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos da cidade e também ex-usuário de entorpecentes e teria passado por uma recaída.

O suspeito estaria sem contato com seus empregadores desde sábado e na noite de quarta-feira ligou informando que estava em Francisco Alves, distante a cerca de 18 km de Iporã. Durante o trajeto o suspeito teria confessado a morte da namorada e que o corpo estaria no apartamento que o casal dividia. A mulher teria sido asfixiada.

A VÍTIMA

Segundo o delegado da Polícia Civil de Iporã Thiago Soares, o investigador e uma equipe da Polícia Militar foram até a residência da vítima, um apartamento em sobreloja na rua Sinop. O imóvel estava trancado e foi necessário o arrombamento.

O corpo foi encontrado enrolado em lençóis sobre um colchão dentro de um dos quartos, que também estava trancado. Segundo a Polícia Militar, o corpo estava em avançado estado de decomposição. A suspeita é que a morte tenha ocorrido no último sábado (5). O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama.

Segundo o delegado Soares, as investigações agora são para descobrir a motivação do corpo.