Cotidiano

Qualificação

Guarda Municipal recebe treinamento de primeiros socorros

01/09/2018 19H07

Guardas municipais de Umuarama e inspetores da corporação receberam treinamento na sexta-feira, 31, com o enfermeiro socorrista Vagner Reis Galdino, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu). O tema da atividade foi primeiros socorros, especialmente em casos de engasgamento de crianças, parada cardíaca, queimaduras, fraturas e controle de hemorragias causadas por ferimentos.

O diretor da GMU, inspetor Valdiney Rissato, disse que esses conhecimentos são importantes porque os guardas se deparam com muitas situações de risco, durante os plantões. “Sempre estamos atuando em acidentes e às vezes somos chamados para interferir em discussões, desavenças que às vezes evoluem para confrontos e exigem contenção. Em outras ocasiões, prestamos socorro quando – em patrulhamento pela cidade – coincidentemente nos deparamos com situações emergenciais”, afirmou.

O próprio inspetor conta que já foi abordado pelos pais de uma criança de três anos, vítima de engasgo, e conseguiu realizar com sucesso a manobra de desobstrução das vias respiratórias. “O socorro foi bem-sucedido porque eu mesmo já havia participado de treinamentos sobre os procedimentos corretos para esse tipo de emergência. Esse conhecimento pode fazer a diferença para salvar uma vida, até que o socorro especializado tenha acesso à vítima”, explicou Rissato.

Além da palestra e das orientações, que esclareceram todas as dúvidas, os guardas municipais puderam praticar as manobras em manequins de treinamento médico. Nos últimos dias, os integrantes da Guarda Municipal também receberam treinamento com os agentes da Defesa Civil, sobre atuação em caso de desastres e calamidades.

“Fomos orientados pelo inspetor Ribeiro e agentes Vasques e Vasconcelos sobre como agir de forma efetiva em emergências, controlando situações dos mais diversos riscos para a população. Como o guarda municipal está presente em todo o município, pode se deparar com problemas que exigem esse conhecimento. Além disso, podemos atuar em apoio à Defesa Civil, caso sejamos requisitados”, completou o diretor Valdiney Rissato.