Vida e Cultura

Relembrando

“Grande Sertão Veredas” fez sucesso na tela da Globo em 1985

21/05/2020 09H39

Bruna Lombardi se consagrou como atriz, vivendo o jagunço Diadorim, uma mulher que se vestia de homem para integrar o bando de Riobaldo, personagem do ator Tony Ramos / Arquivo GB Imagem

Em 1985, Tony Ramos e Bruna Lombardi protagonizaram na Rede Globo o clássico “Grande Sertão Veredas”, baseado na obra homônima de Guimarães Rosa. A minissérie foi dirigida pelo lendário Walter Avancini, sob a supervisão de Daniel Filho. Riobaldo (Tony Ramos) era um ex-jagunço que trazia em sua bagagem episódios de disputas, vinganças, amores e mortes. Ao repassar sua trajetória, ele se lembra do amigo de infância Diadorim (Bruna Lombardi), que fazia parte do bando sem que ninguém soubesse que se tratava de uma mulher disfarçada de homem. Desconhecendo o segredo, Riobaldo travava uma batalha interna: percebeu que nutria por Diadorim um amor que considera impossível. Ambos mantinham uma relação pura de amizade, que contrastava com a aridez do sertão que os cercava. “A minissérie é emblemática. É uma obra difícil do Guimarães, brasileira como ela é no seu linguajar, na estrutura dramática e, principalmente, porque os conflitos que gera são transformadores até hoje. Eu vinha de papéis heroicos e inesquecíveis. Naquele momento, fechei um capítulo da minha história profissional e iniciei um novo”, palavras do ator Tony Ramos, comentando sobre a minissérie. Tarcísio Meira e Rubens de Falco tiveram papéis de destaque na trama. Eles interpretaram, respectivamente, o jagunço traidor Hermógenes e Joca Ramiro, pai de Diadorim. A narração da história foi feita por Mário Lago. Gravada no interior de Minas Gerais, “Grande Sertão Veredas” é considerada um dos maiores acertos em adaptações da literatura para a TV. “A minissérie aconteceu quando a Globo fazia 20 anos. E nós ali gravando em lugares para onde o homem ainda não tinha ido”, comenta Tony Ramos. No elenco estavam ainda Ney Latorraca, Yoná Magalhães, Taumaturgo Ferreira, Sebastião Vasconcelos, entre outros. “Grande Sertão Veredas” foi exibida em 25 capítulos, entre 18 de novembro e 20 de dezembro de 1985. O compacto da minissérie está disponível em DVD, para quem quiser rever.