Umuarama

CORONAVÍRUS

Governo do Estado abre em Umuarama mais leitos para pacientes com covid-19

25/11/2020 09H43

A 12ª Regional de Saúde de Umuarama anunciou a abertura, em hospitais de Umuarama, de seis leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e 10 leitos de enfermarias destinadas ao atendimento de pessoas positivadas ou suspeitas de terem contraído covid-19. As vagas somam com os leitos já existentes no hospital Uopeccan.

Segundo a diretora da 12ª Regional de Saúde de Umuarama, Viviane Herrera, os leitos ativados pelo Governo do Estado em Umuarama foram no hospital Cemil, sendo dois leitos de UTI e dois leitos de enfermaria. Além de quatro leitos de UTI e oito leitos de enfermaria no hospital Nossa Senhora Aparecida. “Porém, mesmo com a abertura, sabemos que os leitos serão insuficiente, caso o número de contaminação continue como está”, alertou Viviane.

Em live realizada na tarde de ontem, o prefeito Celso Pozzobom e a secretária de Saúde, Cecília Cividini, ressaltaram que a saúde de Umuarama pode entrar em colapso devido a explosão de casos que iniciou na primeira semana de novembro e que está levando a exaustão os trabalhadores da saúde, que também estão contraindo o vírus. “Os leitos do hospital Cemil já estão lotados. Podemos estar próximos daquela situação em que pessoas morriam em suas casas por não ter leitos e atendimento”, alertou Pozzbom.

Hoje Umuarama tem 32 pacientes sendo atendidos na macrorregião (Maringá, Campo Mourão, Paranavaí, Cianorte e Goioerê). Ainda na macrorregião a lotação de leitos de UTI é superior a 70% e cidades como Goioerê a lotação é de 100%.