Umuarama

Tradição

Famílias mantêm viva a cultura da Folia de Reis na região da Amerios

06/01/2020 09H34

folia-de-reis-umuarama

A companhia de Folia dos Santos Reis Silvério e do Carmo caminhou por mais de 800 casas desde o dia 25 de dezembro e amanhã (6) estaciona sua bandeira em uma festa de comemoração ao Dia de Santos Reis. O grupo formado pela família Silvério e do Carmo mantêm viva a cultura dos antepassados e este ano percorreu bairros de Cruzeiro do Oeste, Umuarama e Brasilândia do Sul.

Alan Carlos Ramos de Oliveira, neto de Antônio do Carmo; quem ajudou Sebastiana Silvério a montar a companhia no passado, conta que a Folia de Santos Reis leva de casa em casa a boa nova, que é o nascimento de Jesus Cristo. “A Folia de Reis é uma cultura fundada na Igreja Católica com a mistura dos portugueses, franceses, africanos e espanhóis. Como outros movimentos da igreja, visamos praticar a fé para os que creem no nascimento de Jesus”, explicou.

Ainda segundo Alan, a cada ano mais pessoas procuram a companhia para passar em suas residências e por isso o grupo se divide em turnos. “Começamos a caminhada pela manhã e seguimos pela madrugada visitando as casas. Acredito que passamos por mais de 800 residências, sempre com muita emoção”, disse.

companhia-silverio-do-carmo-folia-reis

DOAÇÕES

Em cada parada os foliões e os palhaços cantam e anunciam a chegada de Jesus Cristo, após a passagem da bandeira o dono da casa oferece uma doação. “Toda doação arrecadada é revertida para o festejo do Dia de Santos Reis, quando realizamos um almoço para a comunidade. Também confeccionamos cestas básicas para os fiéis mais carentes. Tudo é revertido para a comunidade, não ficamos com nada, pois esse é o sentindo: a fraternidade entre as pessoas”, explicou Oliveira.

EMOÇÃO

folia-de-reis-umuarama-cruzeiro

Na passagem da companhia Silvério do Carmo por Umuarama a Folia de Reis emocionou muitas pessoas, como Zeni Oliveira Cavinatti. A umuaramense chorou com a bandeira em suas mãos, pois lembrou da infância e da sua mãe. “Quando eu era pequena e morava no sítio, minha mãe gostava muito da Folia de Reis. A gente estava dormindo e a folia chegava, era uma festa. Hoje tive recordações lindas e fiquei emocionada”, disse.

O antigo folião Antônio José dos Santos reviveu o tempo em que também saia pelas ruas de Umuarama com sua companhia. “É uma tradição que nunca pode acabar. É algo muito bonito e exalta a fé do povo católico” ressaltou.

A FOLIA

palhacos-folia-reis-umuarama

Empunhado a bandeira a frente do grupo, seguida dos palhaços mascarados e músicos, muitos umuaramenses reviveram, nos últimos dias, uma cultura esquecida dos tempos da infância. Um tempo em que as companhias de Folia de Reis percorriam os bairros da cidade. A folia de reis é uma festa católica que celebra a visitação dos Reis Magos o nascimento de Jesus Cristo em Belém.

Com canções sempre sobre temas religiosos, nas residências por onde a folia passava muitas crianças também acompanhavam os palhaços imitando o ritmo feito com os bastões e suas danças. “Nossa companhia não tem bebida alcoólica e respeitamos ao máximo quem visitamos. Estamos levando a palavra de Deus e por isso temos que seguir as regras deixadas”, finalizou Alan Oliveira.

Almoço comemorativo

Nesta segunda-feira (6) os foliões realizam os festejos do Dia Dos Santos Reis. As 12 horas, como os alimentos doados, será servido um almoço para a comunidade na cidade de Cruzeiro do Oeste, no bairro Jardim Cruzeiro – rua Santa Catarina – número 1456. “Armamos uma tenda e cozinhamos para a população. Este ano será na rua Santa Catarina, em Cruzeiro do Oeste e todos estão convidados. Parte dos alimentos doados pelos fiéis também são entregues para famílias carentes”, ressaltou Alan Oliveira.

folia-de-reis-6-janeiro