Região

MAIS SEGURANÇA

Exército realiza mais uma Operação Ágata na fronteira e cidades da região

14/03/2022 21H04

Jornal Ilustrado

A 15a Brigada de Infantaria Mecanizada do Exército está realizando operações na faixa de Fronteira Oeste do Paraná, dentro do contexto da Operação Ágata/Fronteira Sul. A operação também atinge cidades do Noroeste do Paraná e o no fim de semana passado, os militares estiveram na região de Icaraíma e Alto Paraíso onde fica a ponte entre o Paraná e o Mato Grosso do Sul no rio Paraná.

O Exército informou que ao todo está sendo utilizado um efetivo de aproximadamente 700 militares, com a finalidade de atuar no combate aos crimes transfronteiriços e ambientais, fiscalizando pessoas e veículos/embarcações.

Na região Noroeste da faixa de fronteira do Paraná, vindo da cidade de Apucarana e com cerca de 200 militares, estão atuando equipes do 30º Batalhão de Infantaria Mecanizado.

As ações tiveram início na quinta-feira da semana passada (dia 10) e não tem data para terminar.

A ação conta com o apoio das Prefeituras dos Municípios da região, e acontece em coordenação com os seguintes órgãos: Departamento da Polícia Federal; Departamento da Polícia Rodoviária Federal; Receita Federal; Polícia Militar do Paraná; Polícia Civil do Paraná e Base Vigia.

Além das equipes que estão realizando as operações na região de Umuarama a Guaíra, existem outros batalhões fazendo o mesmo trabalho entre Guaíra e Foz do Iguaçu, onde o problema do contrabando e tráfico também é crítico.

Contrabando e tráfico

A operação do Exército ocorre justamente no momento em que a região registra o aumento no contrabando e tráfico de drogas. E o alvo da fiscalização é justamente os pontos onde o problema é mais intenso, ou seja, a Ponte de Alto Paraíso (PR-MS), a ponte de Guaíra também ligando os dois estados e outras cidades que margeiam o Rio Paraná e o Lago de Itaipu.