Umuarama

Dia das Crianças

Evento espera reunir mais de 400 crianças no Parque Industrial

11/10/2018 15H29

Associação Vida e Solidariedade do Parque Industrial realiza nesta sexta-feira (12) a tradicional festa do Dia das Crianças e dos devotos de Nossa Senhora. Os organizadores esperam a participação de mais de 400 crianças e para a festa ficar mais bonita, quem quiser ajudar com doação de brinquedos ou outros itens ainda há tempo.

O Projeto Vida e Solidariedade nasceu com Maria do Carmo, conhecida como Maria da Sopa, que vem dedicando sua vida em levar alimento, educação e qualificação para as crianças do parque Industrial de Umuarama.

Segundo a coordenadora da associação, Roselene de Souza, são esperados para o Dia das Crianças mais de 400 crianças dos bairros Parque Industrial, Arco-íris, Pimentel, Viveiros, Alto da Glória, Belo Monte e Sonho Meu. “É um dia especial para essas crianças e por isso, quem puder ajudar é só entrar em contato com a gente, pelo telefone (44) 3639-3688”, ressaltou.

O evento tem programação para começar no período da manhã e ir até a tarde com brincadeiras, sorteios, alimentação e muita diversão. “É um pouco que tentamos levar para quem não tem quase nada”, disse a coordenadora.

O projeto – A Associação Vida e Solidariedade do Parque Industrial é uma entidade de Assistência Social de Proteção Básica, sem fins lucrativos, que presta serviço de forma continuada, permanente e planejada.

Segundo Roselene, a ideia é incentivar e consolidar a cultura e o trabalho. Promover a educação para o exercício consciente da solidariedade e da responsabilidade também está entre as diretrizes do projeto. “Buscamos desenvolver em cada um a consciência da importância de se viver em ambiente de Paz”, disse.

Hoje o projeto entrega diariamente 40 refeições de segunda a sexta-feira, além das pessoas mais necessitadas que ainda levam marmita para casa. A associação ainda atende crianças de 6 a 17 anos no projeto anjo do tatame, com o sensei Tomeya Sasahara. Essas crianças já conquistaram títulos mundiais e seguem rumo a campeonatos maiores.

Além do esporte e alimentação, o Vida e Solidariedade também tem o projeto de Fanfarra, grupos com assistência social, artesanato e outras atividades em contra-turno escolar.