Policial

Acidente?

Está internada na UTI mulher ferida com tiro pelo marido

24/09/2019 08H26

Caroline Betin da Silva, de 21 anos, continuava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Uopeccan, em Umuarama, até o início da noite de segunda-feira (23). Ela levou um tiro no peito dentro de sua casa, em uma propriedade rural na Estrada São Tomé, em Perobal, por volta das 17 horas de domingo (22).

O atirador foi o marido da vítima, um homem de 28 anos, que alegou para a polícia que o disparo foi acidental. Ele foi autuado inicialmente em flagrante por lesão corporal grave.

Segundo o delegado Thiago Soares, que fez o flagrante, pode haver dolo eventual “O autor do disparo assumiu o risco de produzir o resultado. A lesão corporal grave, que resultou em perigo de vida, na vítima, que é esposa, pelo manuseio de arma de fogo embriagado e na presença de criança”. Agora as investigações estão sob o comando do delegado Gabriel Menezes.

Segundo o delegado operacional da 7ª SDP, Gabriel Menezes, o marido contou à polícia que estava embriagado e que fez uma brincadeira com a mulher ao apontar a espingarda calibre 36 e atirar. “Agora vamos apurar as circunstâncias para saber se realmente foi acidental ou não”, explicou o delegado.

Para a Polícia Militar o homem contou que ingeriu bebida alcoólica, chegou a ter uma briga com a mulher mais cedo e que teria passado a tarde com a arma. No momento do incidente, Caroline estava no quarto do casal e chamou pelo marido, que ao chegar teria efetuado uma brincadeira com a mulher e puxado o gatilho. Ele alegou que não sabia que a arma estava engatilhada.

Após o disparo o homem pegou o filho pequeno do casal e foi buscar ajuda em propriedade vizinha. A mulher foi levado para o Pronto Atendimento de Perobal e transferida em seguida para Umuarama, por causa da gravidade do ferimento. De acordo com o delegado o autor do disparo confessou o disparo, entregou a arma e neste primeiro momento tem colaborado com a polícia.