Cotidiano

TRIBUNAL DO JÚRI

Em depoimento, acusados negam morte de Gabriel Balaroti

25/09/2020 18H26

Em depoimento os dois acusados pela morte de Gabriel Belisse Balatorti negaram a autoria e qualquer tipo de participação no crime. Eles foram ouvidos agora a pouco durante o julgamento que acontece desde hoje pela manhã (25), no Tribunal do Júri do Fórum de Umuarama.

Alisson Monteiro, 21 anos, o “Lalinha” e Rafael de Souza Rosa estão presos na cadeia local desde a época, ocorrida em 31 de agosto de 2017. Ambos eram amigos da vítima e no dia do crime chegaram a fazer uma foto dos três em frente a uma residência em Perobal, segundo a acusação.

O julgamento está sendo conduzido pelo juiz Adriano Cezar Moreira. A acusação é feita pelo promotor de justiça Pedro Henrique Castelan e com a assistência da acusação do advogado Luciano Gaioski. Já a defesa dos réus está a cargo do defensor público Cauê Freire.

Gabriel Balaroti, então com 19 anos, desapareceu na tarde do dia 31 de agosto de 2017. Sua motocicleta foi localizada no mesmo dia em uma estrada vicinal atrás do Motel Eros. No início da noite do dia 1º de setembro o corpo do jovem foi encontrado por um popular na Estrada Velha de Perobal, a cerca de 300 metros das margens da PR-323. Ele ainda estava usando o capacete. Balaroti foi executado com dois tiros na nuca.

Na época a polícia afirmou que a vítima teria sido atraída ao local por pessoas conhecidas e morta ao chegar, pois não teve tempo de tirar o capacete.

O resultado do julgamento é esperado para a noite desta sexta-feira (25)