Cotidiano

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Em Cruzeiro, marido é preso após agredir mulher grávida de 7 meses

23/06/2021 19H15

cruzeiro-do-oeste
Arquivo

Um homem de 29 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (22) acusado de violência doméstica, em Cruzeiro do Oeste, a 25 km de Umuarama. Segundo a Polícia Civil o suspeito agrediu com chutes e socos a própria mulher, grávida de 7 meses, inclusive no ventre, além de ameaçá-la de morte. O crime ocorreu na residência do casal e foi divulgado nesta quarta-feira (23) pela polícia.

Violência doméstica

Infelizmente a vítima, de apenas 21 anos, não é um caso isolado. Ela faz parte de uma triste legião de mulheres brasileiras que foram agredidas de alguma forma por seus companheiros. Segundo dados do Ministério da Mulher, da família e dos Direitos Humanos, os canais Disque 100 e Ligue 180, do Governo Federal recebeu 105.821 denúncias de violência contra a mulher em 2020. Isso equivale a cerca de 12 denúncias de agressão por hora no Brasil.

Pedido de socorro

Segundo a Polícia Civil, a vítima procurou a delegacia de Cruzeiro do Oeste no início da tarde de terça-feira já ferida com hematomas no rosto e pelo corpo. Ela estava visivelmente abalada e procurava ajuda para se proteger contra o companheiro.

A agressão

Aos policiais a gestante informou que seu convivente havia lhe agredido com socos e pontapés, inclusive na região do ventre e após saiu de sua residência dizendo ir em busca de uma arma de fogo para matá-la.

Segundo a polícia, de imediato uma equipe de investigadores saiu em busca do autor das agressões. Ele foi encontrado no interior de um bar próximo a sua residência.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito tem uma vasta ficha criminal, incluindo tráfico de drogas dentre outros ilícitos. Ele foi encaminhado em flagrante até a delegacia de Cruzeiro do Oeste onde encontrando-se detido e a disposição da justiça.