Umuarama

Estatística

Desatenção e imprudência continua gerando acidentes no trânsito de Umuarama

20/01/2022 16H12

Jornal Ilustrado

O setor de trânsito do 25º Batalhão de Polícia Militar de Umuarama lançou a estatística dos acidentes de 2021 ocorridos no município. Dentre os números, a situação mais grave levantada é que a desatenção e a imprudência nas ruas e avenidas na cidade continuam gerando mortes e traumas para motoristas e passageiros.

Mesmo com vias sinalizadas e estruturadas, Umuarama registou em 2021 ao todo 985 acidentes envolvendo 2.011 pessoas e nove mortes. “Parte dos registros foram em locais bem sinalizados, como os cruzamentos com semáforos. Desta forma, observamos que parte dos acidentes ocorreram quando o condutor passou em sinal vermelho, ou estava em alta velocidade, entre outras situações, como falar no celular dirigindo. Também observamos a imperícia, ou seja, condutores sem carteira de habilitação e que muitas vezes não sabem as regras e leis de trânsito. Por isso a necessidade de se manter a fiscalização”, disse a diretora da Umutrans (Diretoria de Trânsito de Umuarama), Dianês Maria Piffer .

O aspirante Rafael Amaral Alves, do 25º Batalhão de Polícia Militar, também ressaltou a fala de Dianês Piffer. Segundo o aspirante, 90% dos acidentes estão ligados à distração do motorista e à imprudência ao não respeitar as leis de trânsito. “Falta de atenção, usar o celular ao dirigir, alta velocidade, ultrapassagem em locais proibidos entre outras infrações estão ligadas aos acidentes, que poderiam ser evitados. Quando estiver dirigindo prefira a direção defensiva, essa atitude vai levar menos risco para o condutor, passageiro e também os demais personagens dos trânsito”, alertou.

Motos cuidado

Mesmo o veículo representando apenas 28% da frota de Umuarama, em 95% dos casos de mortes registradas no trânsito da cidade em 2021 as pessoas estavam em uma motocicleta ou como piloto ou passageiro. “A motociclista sempre será o mais prejudicado no acidente devido à fragilidade do veículo. A situação envolvendo acidentes com motos ainda é mais preocupante devido a questão do delivery. Mas, temos que lembrar que a motocicleta não é a única culpada. Todos no trânsito precisam seguir as leis e ter responsabilidade”, explicou Dianês.

ESTATÍSTICAS DOS ACIDENTES

No último ano, foram registrados 985 acidentes com um total de 2.011 pessoas envolvidas, entre elas 532 feridas e 9 óbitos. O total de veículos envolvidos foi 1.823, sendo em sua maioria automóveis, motocicletas e caminhonetes.

Jornal Ilustrado