Cotidiano

CANTO DA SEREIA

Desacerto por tráfico pode ser motivo de execução de jovem em Lovat, aponta PC

14/07/2021 15H00

Foto divulgação Polícia Civil de Umuarama

A Polícia Civil de Umuarama cumpriu na manhã desta quarta-feira (14) quatro mandados de busca e apreensão nas residências de quatro suspeitos de envolvimento com a morte de Gabriel Geraldo Messias, o “Danone”, de apenas 22 anos, ocorrido na madrugada do último dia 07 de março, no distrito de Lovat.

Canto da Sereia

Na operação denominada Canto da Sereia, um dos suspeitos, um homem de 40 anos, foi autuado em flagrante por de posse ilegal de arma de fogo e por posse de drogas para consumo pessoal. Na ação também foram apreendidos 4 celulares, 3 armas de fogo com calibres .38, .380 e .9mm, 15 munições calibre .38, 10 munições calibre .9mm e 28 gramas de maconha.

Segundo a Polícia Civil dois mandados foram cumpridos no distrito de Lovat, um no bairro Jardim Social e outro no centro de Umuarama.

Mandados

Os mandados de busca foram expedidos após investigações do GDE Umuarama. Segundo a Polícia Civil, durante as investigações apurou-se que o crime possivelmente foi praticado por desacerto no tráfico de drogas. Segundo a polícia, o homicídio ocorreu por volta das 4h30 do dia 07 de março, na Rua Londrina, distrito de Lovat, em Umuarama.

O crime

Ainda segundo a Polícia Civil, levantamentos indicam que, possivelmente, a vítima foi atraída até o local da execução para um encontro amoroso com uma mulher, mas chegando no local combinado foi executada por seus algozes. A vítima foi baleada quando estava dentro de seu carro, um GM Ômega.

O nome da operação faz alusão ao suposto artifício utilizado pelos criminosos para atrair a vítima até o local onde seria morta.

Os investigados são quatro homens, com idades de 27, 30, 36 e 40 anos. Segundo a Polícia Civil o objetivo da operação era a coleta de material e informações para a conclusão das investigações.