Vida e Cultura

Criatividade dá o tom de “novela” do Instagram

19/05/2020 07H08

Totalmente produzida no período de isolamento, “Alta Sociedade Baixa” é protagonizada por estrelas da TV, música e internet


Entediada com o isolamento social, Lídia (Samantha Schmütz) tem a feliz ideia de realizar o “Corona Party”, um “baile de máscaras” .

Todos já sabemos que devido à pandemia do novo coronavírus e ao seu combate com o isolamento social, as produções televisivas, principalmente de novelas, foram suspensas, deixando os telespectadores “órfãos” de tramas inéditas. A alternativa para quem gosta do gênero é assistir as reprises que estão no ar. Mas como brasileiro é criativo, agora foi lançada uma “novela” no Instagram.

Em meio à pandemia, um grupo de artistas e criativos nacionais resolve produzir, de maneira independente e sem investimento, uma “novela” inédita que pode ser assistida através dos perfis de Instagram de seus participantes, durante dois meses. Samantha Schmütz, Tom Cavalcante, Adriane Galisteu, Karol Conká, Theodoro Cochrane, Glamour Garcia, Gustavo Mendes, Gorete Milagres, Leonardo Miggiorin, Reynaldo Machado e Pablo Morais formam o elenco desta trama ácida e divertida, que tem como evento central uma “Corona Party”, um “Baile de Máscaras” para poucos e bons, organizado pela socialite carioca Lídia em seu apartamento de luxo.

A ideia do coletivo Team O! recebeu adesão imediata deste elenco estelar que topou filmar e produzir o próprio figurino e maquiagem. A “novela” é dirigida por Rodrigo Pitta e Mariana Jorge, que comandaram as gravações que atores e diretores filmaram em suas casas em Miami, Los Angeles, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Totalmente filmada indoors, sem contato presencial entre os autores, atores e diretores, através de recursos de edição e web filming como linguagem principal, a “novela” apresenta uma dramaturgia moderna e criativa, para ilustrar uma passagem histórica da sociedade contemporânea.

Em casa, os atores dão vida aos personagens com suas próprias roupas, os ambientes e móveis viram cenário para as cenas captadas em diversos formatos, filmadas pelos próprios artistas com a ajuda de companheiros de isolamento.

Ainda sem patrocínio, a “instasérie” “Alta Sociedade Baixa” foi lançada propositalmente no dia do trabalhador, 1º de maio, como uma homenagem aos profissionais do entretenimento que, em sua maioria, não podem, neste momento, desempenhar suas funções.

Com palcos, arenas, estúdios de cinema, música e televisão fechados, quase todo conteúdo se tornou digital e “homemade”, feito em casa.

A iniciativa permitiu aos atores, mesmo durante a quarentena, passarem dias intensos produzindo as gravações e realizando com paixão aquilo que melhor sabem fazer neste momento delicado e único para os profissionais da indústria do entretenimento no mundo inteiro.

Em meio ao climax de uma pandemia mundial que ameaça todo o planeta, um grupo da high society carioca, liderado por Lidia Coutinho (Samantha Schmütz), resolve driblar a lei de confinamento  para um encontro social na casa da socialite – uma festinha, um baile de máscaras hospitalares. Quem sair na rua pode ser preso imediatamente, crime inafiançável. Mas a locomotiva social Lídia, aspirante a futura primeira dama do Rio de Janeiro, não vai parar, e arma em seu suntuoso apartamento na Vieira Souto, um petit comitê para 8 convidados.

A partir daí muitas confusões acontecem e deixam, a cada episódio, o espectador mais preso a trama. Uma comédia ácida e contemporânea, que fala sobre os “ups” e “downs” de um confinamento obrigatório, que vai revolucionar essa quarentena.

A atriz e apresentadora Marília Gabriela interpreta o papel de Gabriel, o Governador, chefe político do Estado do Rio de Janeiro. Tom Cavalcante dá vida a um místico midiático chamado Charles Estrela; Gorete Milagres vive uma governanta alemã mantida “presa” por seus patrões, e Karol Conká faz a MC Kash, uma funkeira famosa e rica que mora no mesmo prédio de Lídia (Samantha Schmütz), a socialite casada com Arnoldo (Theodoro Cochrane), candidato à Prefeitura do Rio. O elenco conta ainda com Adriane Galisteu, Gustavo Mendes, Glamour Garcia, Leonardo Miggiorin, Pablo Moraes e Reinaldo Machado.

A série está sendo veiculada apenas no Instagram (IGTV), em uma página criada especialmente para abrigá-la (@altasociedadebaixa) e também nos perfis de todos os atores e produtores do elenco. A cada sexta feira tem um capítulo inédito. Ao todo, serão 12.

A abertura tem arte de Vinicius Fragoso, e remix da faixa histórica de Cazuza , “Burguesia”, feito pelo Dj e produtor Gaspar Muniz, filho do artista Vik Muniz.

O ilustrador Leandro Assis , famoso por suas charges políticas no Instagram, criou uma série inédita de ilustrações para o encerramento de cada capítulo. Vale a pena conferir!