Umuarama

COVID-19

Coronavírus levou um anjo, disse a família de Thaís Amanda

17/06/2020 15H44

thais-gonçalves-coronavirus

Conhecida por todos pela sua alegria e carinho, Thaís Amanda Gonçalves, de 26 anos, faleceu nesta quarta-feira (17), após ter contraído Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus. Mesmo abalados, alguns familiares da jovem falaram com o jornal Umuarama Ilustrado e ressaltaram que a doença levou um anjo.

Neia Gonçalves, tia de Thaís, disse que a jovem sempre será lembrada pela sua felicidade de viver e também como uma pessoa muito carinhosa. “Era uma criança no corpo de mulher. Minha sobrinha foi uma pessoa que transbordava carinho, muito amável. É muito difícil falar nesse momento, mas sempre vamos lembrar dela com muito amor”, disse.

Thaís Amanda estudava na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e morava com sua mãe e irmão mais novo. Ela foi a segunda vítima do Covid-19 em Umuarama e segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde a jovem tinha diabetes.

Ainda segundo sua tia, entre outras coisas, a jovem gostava de música e tinha um sonho, de conhecer o cantor Luan Santana. “Era o sonho dela, ela amava o Luan Santana e queria muito conhecer o cantor”, disse.

Thaís foi sepultada em Santa Elisa, distrito de Umuarama, na tarde desta quarta-feira, às 16 horas, seguindo o protocolo de enterros para vítimas da doença.

Contágio

Neia Gonçalves e a família não sabem como a jovem contraiu a doença, pois como ela tinha deficiência intelectual só saia de casa com a mãe ou algum outro familiar. “Primeiro que ela não saia de casa e quando saia era com a sua mãe. A mãe e o irmão fizeram o teste para Covid-19 e deu negativo. Não sabemos como ela contraiu a doença”, ressaltou Neia.