Veículos

Vamos dirigir?

Como ser um bom professor para um jovem que está aprendendo a dirigir

12/08/2021 09H24

Dirigir um Renault Sandero ou qualquer veículo pela primeira vez não é uma tarefa das mais fáceis para quem é um motorista principiante. Imagine então o que significa para uma pessoa jovem, que jamais dirigiu e quer aprender para poder comprar –ou receber de presente!- o primeiro carro da sua vida!

Ter um carro para ganhar independência total é o sonho de todo jovem. Poder sair com um carro Sandero usado, por exemplo, e ir para a faculdade, para o clube, para uma saída com amigos, sem dúvida alguma é o desejo da garotada.

É claro que não é só pedir para os pais um carro Sandero ou qualquer outro veículo, ou ainda ter poupado dinheiro para comprar um carro e se tornar independente definitivamente! É necessário aprender a dirigir, e a dirigir bem, com muita responsabilidade, com muita atenção e respeitando todos os sinais e as leis de trânsito.

Para isso, nada melhor do que um bom professor, que pode ser de uma autoescola, o pai, a mãe ou alguém de confiança que tenha muita experiência na condução de um carro Renault Sandero ou de outro veículo. No entanto, o mais importante de tudo é saber como ensinar, para que o aluno aprenda com facilidade, sem estresse, e o resultado seja um motorista iniciante, mas responsável e seguro.

Se você for o professor, preste atenção as seguintes dicas importantes, pois desse jeito poderá obter os melhores resultados!

A comunicação com o aluno é fundamental

Quem ensina deve, fundamentalmente, manter a calma e ter muita paciência enquanto o aluno estiver praticando. Com certeza o jovem irá cometer alguns erros, isso é absolutamente normal. Nessas situações é muito importante que o professor indique o erro e o corrija sem ficar chateado ou com raiva por conta do erro, porque isso poderia machucá-lo e estragar a confiança do aluno pelo professor.

Use cada erro que o jovem cometa como uma excelente oportunidade para corrigir a situação com calma e amabilidade, porque só desse jeito ele aprenderá e melhorará na direção.

Um bom exemplo poderia ser o seguinte: o aluno esqueceu de checar os espelhos. Nesse caso, vale a pergunta “Você está se esquecendo de alguma coisa. Sabe qual? ”

Mantenha a calma diante de um erro do aluno

Você não deve esquecer que a ação de dirigir um Sandero automático, por exemplo, pode provocar muito medo e ansiedade no jovem principiante. Por esse motivo você não deve alterá-lo nem provocar mais medo ficando furioso diante de um erro. Corrija com calma e tranquilidade e afirme para o jovem que tudo estará bem e que ele irá aprender muito bem.

Por exemplo, se o aluno não freia diante de um sinal, não grite nem se altere: diga para ela que mantenha a calma e que deve estar mais atento para poder dirigir de modo seguro.

Um elogio cai muito bem quando as coisas são bem feitas

Quando o seu aluno faça muito bem uma manobra no Sandero hatch ou no veículo que estiver dirigindo na hora, elogie na hora. Ensinar não é só corrigir, mas também elogiar quando as coisas se fazem corretamente. Diga para ele que está fazendo um bom trabalho e que ele está conseguindo dirigir muito bem. Dessa forma, ele se sentirá mais confiante e tranquilo.

Mostrar os perigos para o aluno aprender a reconhecê-los

Você deve ensinar ao seu aluno a estar bem atento aos perigos, para que ele tenha as ferramentas necessárias para evita-los. Toda vez que você perceber algum perigo na rua, mostre para o seu aluno e diga o que ele deve fazer.

Por exemplo: se houve um buraco na rua, mostre para o seu aluno e indique deve diminuir a velocidade e rodear o buraco para evita-lo. Se começar a chover, indique que ele deve ligar o limpa para-brisas.

Algumas dicas importantes:

  • Se você for ensinar ao seu filho ou filha adolescente, tente encontrar e reservar umas horas nos finais de semana para poder dedicar esse tempo para que o jovem aprenda a dirigir com tranquilidade.
  • Não entre em rodovias ou avenidas com muito trânsito logo no início das aulas. O jovem deve estar bem preparado para enfrentar essa situação.
  • Faça ao seu aluno aprender a frear rapidamente, para que ele ‘sinta’ o carro: ele deve dirigir a aproximadamente 8 km/h e pisar fundo no freio. A sacudida irá surpreende-lo, mas assim ele saberá o que acontece se tiver que frear de repente na rua por causa de um imprevisto.