Esportes

EM ALTA

Com 6 jogadores e técnico, São Paulo domina a seleção do Campeonato Paulista

25/05/2021 15H38

O Campeonato Paulista terminou neste domingo com título do São Paulo. Dono da melhor campanha na primeira fase, a equipe comandada pelo argentino Hernán Crespo superou Ferroviária e Mirassol para chegar à final contra o Palmeiras. Após o empate em 0 a 0 no duelo de ida, no Allianz Parque, a vitória por 2 a 0, no Morumbi, garantiu o título à equipe tricolor. Diante da ótima performance, a seleção do campeonato só poderia ser dominada por jogadores são-paulinos.

Nesta segunda-feira, dia seguinte à final, a Federação Paulista de Futebol, usou suas redes sociais para divulgar os nomes dos eleitos. A escolha foi feita por meio dos votos dos treinadores e capitães das 16 equipes que participaram da Série A1 em 2021. Jornalistas do Grupo Globo – dono dos direitos de transmissão do torneio – também votaram nos melhores jogadores da competição.

Confira os nomes eleitos para a seleção do Paulistão 2021: Weverton (Palmeiras); Dani Alves (São Paulo), Miranda (São Paulo), Léo Ortiz (Red Bull Bragantino) e Reinaldo (São Paulo); Luan (São Paulo), Benítez (São Paulo), Claudinho (Red Bull Bragantino); Rony (Palmeiras), Pablo (São Paulo) e Bruno Mezenga (Ferroviária). Hernán Crespo foi escolhido como melhor técnico.

O São Paulo emplacou seis nomes entre os melhores jogadores da competição. Dois deles não puderam atuar no jogo decisivo por estarem lesionados: Dani Alves e Benítez, eleito o craque do campeonato. Por outro lado, estiveram em campo Miranda, Reinaldo, Pablo e Luan, que inclusive recebeu elogios do português Abel Ferreira, técnico do rival Palmeiras.

Além dos seis atletas, a equipe tricolor também viu Hernán Crespo ser premiado como melhor treinador e “rei das redes”. Com pouco tempo de trabalho, o argentino incorporou novos elementos, intensificou características positivas do time e conquistou o sonhado título, tirando o São Paulo da fila de mais de oito anos sem erguer qualquer troféu.

A equipe do Morumbi também recebeu premiações especiais. Benítez foi eleito o craque da galera. Luciano, pelo gol marcado contra o Corinthians, ganhou o prêmio Lei do Ex, e Tiago Volpi ficou com o troféu de melhor defesa do torneio, por grande defesa praticada na partida de ida da final.

O vice-campeão Palmeiras também foi lembrado na seleção. O goleiro Weverton e o atacante Rony estão entre os eleitos. A equipe alviverde deu prioridade à disputa da Copa Libertadores ao longo da primeira fase e das quartas de final do Estadual. Mais tarde, titulares passaram a ser mais utilizados nos onze iniciais. Weverton, por exemplo, participou de apenas 9 jogos na campanha. Em um deles (contra o São Bento), acabou expulso ainda no primeiro tempo. Este mesmo confronto foi o único em que Rony participou dos 90 minutos na primeira fase. Ele jogou também os minutos finais da partida contra Inter de Limeira e Red Bull Bragantino (pelas quartas). O atacante esteve em campo durante todo o tempo apenas nas finais e na semifinal, totalizando quatro partidas. O zagueiro Renan ficou com o prêmio de revelação do Paulistão.

Além do campeão São Paulo e do vice Palmeiras, uma das equipes mais reconhecidas foi o Red Bull Bragantino. A equipe de Maurício Barbieri terminou na primeira posição do Grupo C, mas foi eliminada pelos alviverdes nas quartas de final, após derrota por 1 a 0 em Bragança Paulista. Restando a disputa do Troféu do Interior, o campeão paulista de 1990 acabou derrotado nas semifinais pela Ponte Preta, após cobranças de pênaltis. O zagueiro Léo Ortiz e o meio-campista Claudinho, eleito também craque do interior, representam a equipe na seleção do Paulistão

Bruno Mezenga foi o artilheiro do torneio, anotando 9 gols. Sua equipe foi eliminada nas quartas de final pelo campeão, mas o atacante não poderia ficar fora da lista de melhores jogadores. Com 32 anos, Mezenga começou no Flamengo e passou boa parte da carreira no exterior, atuando pelo futebol turco, polonês e sérvio. No Brasil, jogou também no São Caetano e no Vila Nova. No goleada da Ferroviária sobre o Botafogo de Ribeirão Preto, Bruno Mezenga anotou um hat-trick, o único do torneio a marcar três gols em uma mesma partida.

O único representante do Corinthians na premiação foi Luan. O atacante teve seu gol no clássico contra o São Paulo eleito o mais bonito do torneio. Luiz Flávio de Oliveira, Daniel Paulo Ziolli e Marcelo Carvalho Van Gasse foram eleitos o melhor trio de arbitragem do Paulistão. (ae)