Aragão Filho

Coluna Aragão

23/01/2020 19H55

Nota 10

Nota 10 pelo que faz a OAB/Umuarama, através da Comissão de Esportes, com apoio dos coordenadores dos projetos Corrida Legal, Futebol Legal e Vôlei Legal, com a Campanha Solidária Tênis e Mochilas Legal, destinados a crianças de famílias de baixa renda.

Quem puder doar um par de tênis, ou uma mochila escolar, na sede da OAB, na Rua Desembargador Antônio Ferreira da Costa, 3660, funciona o ponto de coleta.

Ou ligue (44) 3622 2452.

Se você soubesse a diferença que isso faz na vida de uma criança…

Mapa da mina

Quem está atento ao que vem acontecendo em Umuarama em termos de investimentos públicos em todos os setores, principalmente em infra-estrutura, e investimentos privados em indústrias, comércio e prestação de serviços sabe que 2020 será o grande ano da cidade.

É quando as oportunidades surgem em todas as áreas.

Pró-vida

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, participa nesta sexta, (24) da “Marcha pela Vida” em Washington.

Será o primeiro presidente norte-americano a participar do evento, realizado anualmente.

Do Lessa

Os países que vão para frente em velocidade excessiva correm o risco de deixar para trás 80% de sua população desmotorizada.

– Ivan Lessa.

Livre pensar

Quer ter uma rápida noção sobre o pensamento que permeia boa parte do povo brasileiro sobre o futuro do Brasil?

Basta acompanhar alguns minutos apenas da edição 20 do Big Brother Brasil.

Eu sei, é doloroso, mas é parte do Brasil…

Escrito apenas ontem…

É a maldita realidade daqui que não consigo evitar. Esses pobres coitados, acossados, assediados, pisoteados do nascer ao pôr do sol sem nenhuma razão satisfatória. Eu não os culparia se eles se revoltassem contra quase tudo e em nome de qualquer partido ou ismo que oferecesse condições para a revolta.

– Hunter Thompson, em 1960, depois de passar alguns meses no Rio de Janeiro, fazendo reportagens para o National Observer.

Velocidade

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, usou as mídias sociais, ontem, quinta-feira (23), para mostrar o andamento das obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, sobre o Rio Paraná, que vai conectar Foz do Iguaçu a Presidente Franco.

Pelas fotografias compartilhadas, é possível verificar que a obra está avançando em velocidade que não é padrão em edificações públicas no Brasil.

Policromático

A verdade está sempre nos rodeando, mas teimamos em buscá-la longe…

Ele disse:

Deve-se estudar economia não com a finalidade de oferecer um conjunto de respostas prontas a questões econômicas, mas com o objetivo de evitar que os economistas nos enganem.”

De Joan Robinson, economista pós-keynesiana que ampliou a teoria de John Maynard Keynes.

Promoção da Gol

A Gol Linhas Aéreas fez promoção ontem para o trecho Campo Mourão a Curitiba, vendendo passagens a R$ 124,73, uma pechincha.

O preço normal da tarifa é R$ 907,73.

Apoio

Ney Latorraca arrumou briga com colegas da rede Globo ao anunciar apoio a Regina Duarte:

– “Eu não votei nesse governo, mas meu voto é para a Regina Duarte. Sou 100% Regina Duarte. Mais equilíbrio para acabar com essas brigas na área cultural”.

As coleguinhas do ‘Ele Não’ não gostaram da atitude ao ator.

Coisa mais estranha ser contra a uma colega atriz que sequer disse se aceita ou não o cargo no governo, cuja proposta de trabalho ninguém sabe ainda qual é…

Parece coisa de gente bitolada ideologicamente, e é…

Edital da Funarte de incentivo a

bandas de música veta rock e é criticado

Rio, (AE) – Um edital divulgado pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) para anunciar o Prêmio de Apoio a Bandas de Música chamou a atenção por proibir a participação de alguns tipos de banda, incluindo as de rock. Nas redes sociais, muitas pessoas estão apontando possível preconceito contra o estilo musical – isso porque o atual presidente da entidade, Dante Mantovani, já disse que “o rock ativa a droga, que ativa o sexo, que ativa a indústria do aborto”.

A Funarte, no entanto, diz que o veto já foi utilizado em anos anteriores e alega que a premiação é dedicada apenas a bandas consideradas “tradicionais”.

O edital foi publicado na quarta-feira, 22, e prevê recursos de R$ 5,47 milhões. Ao todo, 158 projetos deverão ser contemplados

Segundo o texto, a intenção é “premiar conjuntos musicais denominados Banda de Música, Banda Municipal, Banda Sinfônica, Banda de Concerto, Banda Filarmônica, Sociedade Musical e Orquestra de Sopro”.

Um dos itens do edital também deixa claro quem não poderá concorrer. Além de grupos que tenham sido beneficiados por emendas parlamentares ou programas estaduais nos últimos dois anos, o veto se estende “a fanfarras ou bandas marciais ligadas ou não a instituições do ensino regular público ou privado, bandas de pífanos, bandas de rock, big-bands, bem como conjuntos musicais assemelhados, conjuntos musicais de instituições religiosas, bandas militares e bandas de instituições de segurança pública”.