Aragão Filho

Coluna Aragão

22/07/2020 07H30

Vem aí a 19ª Festa da Costela

O Rotary Club de Umuarama agendou para o próximo dia 23 de agosto a 19ª edição da Festa da Costela. Nestes momentos de pandemia e de distanciamento social, os organizadores dizem que vão tomar todos os cuidados e a entrega será no sistema drive-thru, ou seja, entregue no carro para a pessoa consumir em casa. Acompanha arroz, mandioca e farofa. Evento vai arrecadar recursos para a manutenção do Abrigo Tia Lili.

Projeto Girassol e Amor doa cachecóis para o Lar São Vicente

Mais uma iniciativa que merece aplausos em Umuarama partiu do projeto Girassol e Amor, sob o comando da advogada Francielly Krammer. Cerca de 70 cachecóis, produzidos a partir de doações da comunidade, foram confeccionados por voluntárias e doados para o Lar São Vicente de Paulo. Ainda sobraram cerca de 30 unidades que foram para pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade.

Gastando o nosso

O PC do B, do ex-ministro Orlando Silva, tem os parlamentares mais gastadores do Congresso.

No levantamento do Ranking dos Políticos os companheiros da legenda foram os que mais usaram, proporcionalmente, a cota de gastos.

O Partido Novo foi o que menos usou.
O companheiro Orlando estrilou e bradou que a turma que mais gasta é a que mais trabalha e etc…

Arqueologia

O Centro Nacional de Arqueologia do Departamento do Patrimônio Material e Fiscalização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPhan) publicou portaria ontem, terça-feira, no Diário Oficial da União prorrogando por mais sete meses o monitoramento arqueológico e educação patrimonial da rodovia PR-323, trecho entre Paiçandu e Dr. Camargo.

Não assinou

Entre os sete governadores que não assinaram a carta de apoio a PEC do Fundeb está o governador Ratinho Junior.

Os outros seis são os do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Amazonas, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rondônia.

Sabe tudo

O sabe-tudo que governa o Rio de Janeiro é a média da elite que governa o país; uma toupeira completa.

Manchete da edição de ontem do jornal Meia Hora de Notícia sintetiza o que acontece no Rio:

– Festival de erros; rave de bacanas e funk na favela.

Multas pelas redes

A prefeitura de Janiópolis decidiu apertar o combate aos desobedientes às normas de distanciamento social e vai multar quem postar fotos participando de festinhas e aglomerações em redes sociais.

Bem feito!

Suspensão

O governador do Rio, Wilson Witzel, suspendeu a cobrança de empréstimo consignado aos servidores do Estado.

Outros estados também fizeram o mesmo.

Mas, que mal pergunte, se os servidores públicos não sofreram nenhum corte de salário e benefícios, qual é a explicação para a suspensão da cobrança de empréstimos consignados?

Papo rápido

– Porque Rodrigo Maia não coloca em votação o projeto que acaba com o foro privilegiado…

– Porque ele seria o primeiro a ser preso se perder o foro privilegiado…

Fechado

A fronteira entre Paraguai Brasil permanecerá fechada e não há data para sua reabertura, palavra do ministro da Saúde, Julio Mazzoleni.

Tudo dependerá de como a pandemia do Covid-19 evoluirá no Paraná.

Então, analisando o ‘distanciamento social’, principalmente nos fins de semana, vai demorar mais um tempo…

MP no Rádio

Nesta edição o programa MP no Rádio discute a questão dos idosos, do grupo de risco, com maior atenção para os velhinhos recolhidos em Instituições de Longa Permanência (ILPIs), apesar de todos os cuidados que estas casas têm oferecido.

A entrevistada é a promotora de Justiça Melissa Cachoni Rodrigues, que atua no Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência, unidade do Ministério Público do Paraná.

Mas a orientação da promotora vai além, o programa é bem produzido, conteúdo interessante, é recomendando.

Esquadrilha a postos

Enquanto a gigantesca nuvem de gafanhotos volta a se aproximar do Brasil a discussão acadêmica do lado de cá é sobre usar a frota de quase 500 aviões agrícolas baseados no Rio Grande do Sul para despejar veneno na praga.

Especialistas, porém, julgam ser o método muito prejudicial ao meio ambiente.

E o gafanhoto vindo, e o povo discutindo, e o gafanhoto vindo…

Ações que rendem

A vacina experimental, que foi licenciada pela AstraZeneca, produziu resposta imune em ensaios clínicos de estágio inicial e pode estar disponível até o final do ano.

Os investidores da AstraZeneca pressionavam por relatórios que rendessem pontos na bolsa, e no bolso.

Puff, as ações da AstraZeneca deram uma bela valorizada, coisa de alguns bilhões a mais na conta do capataz.

E isso que a vacina é só uma promessa, uma boa promessa, mas promessa.

Tá ligado na montanha de trilhões de dólares por traz do interesse que move a pesquisa cientifica neste momento?

Só o Paraná reservou R$ 100 milhões para comprar o mata vírus.