Aragão Filho

Coluna Aragão

02/07/2020 07H39

Investimentos da administração municipal permitem ampliar vagas nas escolas e CMEIs de Umuarama, desatando um nó que perdura há décadas sem uma intervenção pra valer.

Depois de muito tempo a cidade vê algo concreto sendo feito para resolver o problema da falta de vagas para nossas crianças.

Nesta última leva de melhorias estão a Escola Municipal Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, os CMEIs Madre Paulina (Parque Danielle), Maria Montessori (Parque Vitória Régia) e Graciliano Ramos (Conjunto Ouro Branco), que estão em fase adiantada de construção.

A pandemia não parou Umuarama cujo ritmo de obras segue sem alteração, e a iniciativa privada sinaliza que nossa cidade é um bom negócio.

E é…

Socorro

O deputado federal Ricardo Barros atendeu pedido de ajuda e conseguiu cinco respiradores e cinco ventiladores para a Santa Casa de Campo Mourão.

Os equipamentos serão destinados à ampliação da UTI Covid.

Campo Mourão tem 100% de ocupação de leitos para Covid.

A situação de Umuarama é boa, mas se for preciso reforçar o número de leitos de UTI já sabemos à quem também pedir ajuda.

Ricardo sempre atendeu bem Umuarama, principalmente quando foi ministro da Saúde.

Ele disse:

Para surpresa geral, com um presidente comandado pelos piores preconceitos identitários e religiosos, demos um salto duplo “twist” carpado e pusemos em marcha uma importante medida civilizatória: o início da redução da desigualdade de oportunidades que até agora infelicitou a sociedade brasileira.”

De Antonio Delfim Netto, economista, ex-ministro da Fazenda, sobre o novo marco regulatório do saneamento.

Escrito apenas ontem…

Não é só a morte que iguala a gente. O crime, a doença e a loucura também acabam com as diferenças que a gente inventa.

– Lima Barreto.

Das redes

A turma que não perdoa nem que doa fez meme do ex-quase-futuro-ministro da Educação:

– Decotelli deu uma boa melhorada no currículo: agora vai dizer que foi ministro da Educação.

O brasileiro ri de si sem dó, desatento a tragédia que é a nossa educação.

Vez em quando procuro nos indicadores mais abalizados encontrar alguma nota melhor, mas nada vejo.

Que bom seria se o problema fosse só o ministro…

Tendencioso

Veja a diferença de abordagem para o mesmo tema na imprensa do Maranhão:

Manchete de ontem do Jornal Pequeno, que apóia o governo de Flávio Dino:

– Maranhão é um dos estados do Nordeste que menos perdeu emprego na crise do coronavírus, mostra Caged

Agora veja a manchete do jornal O Estado, que pertence a família Sarney, adversária do governador:

– Maranhão perde mais de 8 mil empregos formais.

Os dois dizem a verdade, o estado perdeu menos emprego, mas perdeu.

Exatos os oito mil da manchete dos Sarney.

Capisce?

Tô mudo

Fabrício Queiroz falou que não vai falar.

Não tem o que delatar.

A informação é de Mônica Bergamo.

Sem querer inticar, mas esse negócio de ‘rachadinha’ está tão encalacrado no setor público que o legislativo é só uma das cabeças de Medusa.

Números

Muito interessante são os inúmeros números das muitas pesquisas dos mais renomados, e sempre suspeitos, institutos.

Responde aí; qual é a sua percepção sobre a retomada plena das atividades econômicas?

Lá no grotão, o sertanejo olhando o tempo à espera de pelo menos uma nuvem com promessa de chuva, responde o quê?

Todos juntos

Ao consumir, dê preferência ao comércio local.

E comércio local é aquele do seu bairro, da nossa cidade, das cidades vizinhas, é aquele comércio onde conhecemos o dono pelo nome, somos atendidos pelo nome, aquele empreendedor que, vem crise, vai crise, não se abala, mantém seu negócio na raça.

Todas as emissoras de rádio de Umuarama estão juntas em uma campanha que é uma iniciativa inédita, dando a maior força para o comércio local com a campanha ‘Juntos na Mesma Frequência’.

Sacada fina da turma boa da Hertz Propaganda.