Policial

AGORA POUCO

Cigarreiro morre com tiro na perna ao jogar caminhonete em viatura da PF

17/07/2019 11H40

 

cigarreio-francisco-alves
foto: Roberto Santos/Umuarama Ilustrado

O motorista de uma Ford Ranger preta, com placas de Campo Mourão – carregada com cerca de 50 caixas de cigarros do Paraguai, morreu na manhã desta quarta-feira (17). A situação ocorreu, após o motoristas reagir a abordagem da Polícia Federal na BR-272, próximo a ponte no rio Piquiri em Francisco Alves.

O delegado da Polícia Federal de Guaíra, Fernando Bertuol Dose, informou que uma viatura descaracterizada da PRF viajava pelo trecho, quando avistou um comboio de três veículos suspeitos. Além da viatura, a PRF também realizava uma operação na via e ao avistarem as viaturas, os carros suspeitos tentaram retornar sentido Guaíra.

Neste momento a viatura descaracterizada da PF se identificou com o giroflex e os contrabandistas tentaram fugir. Na perseguição, o motorista da Ford Ranger jogou o carro para cima da viatura da PF e no intuito de parar a caminhonete os policiais atiraram no pneu, explicou o delegado.

Ainda segundo o delegado, os tiros atingiram os pneus, mas um pegou na porta do veículo e acertou a perna do condutor da caminhonete, que veio a falecer. “Foi acionado o SAMU, porém o motorista não resistiu e faleceu antes da chegada do atendimento”, ressaltou Dose. 

Os demais veículos conseguiram se evadir do local.