Umuarama

Alerta

Casos de dengue cresce 92% e população tem papel importante no combate

25/04/2019 09H59

O alerta é para toda a população de Umuarama: em uma semana os números de casos confirmados da dengue subiram de 14 para 27, além das 326 notificações de suspeitos que estão em análise no Laboratório Central do Paraná (Lacen). Conforme a Vigilância Ambiental, as ações de prevenção precisam ser em parceria e a população tem papel fundamental para reduzir estes números.

Hoje o vírus em circulação em Umuarama é o tipo 2 e segundo o coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental, Carlo Roberto da Silva, o trabalho da vigilância é de prevenção e informação. Porém, com os números de casos confirmados os agentes iniciaram a aplicação do inseticida.

Ainda segundo o coordenador, mesmo com o trabalho intenso dos agentes de rua a população precisa atuar em seus quintais, para inibir o criadouro do mosquito. “Não podemos baixar a guarda, o maior interventor do mosquito é a população, pois ela sabe o que tem no quintal. Se você usar 10 minutos do seu tempo uma vez por semana para verificar se existem possíveis criadouros já conseguimos cortar o ciclo do mosquito. Essa é única forma de mudar este cenário”, alertou.

A Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde realiza rotineiramente diversas ações para combater o mosquito da dengue. De maneira geral a atuação é preventiva, com orientações aos moradores em visitas domiciliares, bem como distribuição de material informativo e educativo. Por outro lado também realiza ações de bloqueio e eliminação de focos quando há casos – suspeitos ou confirmados – da doença entre a população, contando com equipe própria de agentes de combate a endemias e também parceiros.

Distritos – A vigilância ambiental também está fazendo o trabalho de fiscalização e informações nos distritos.

LIMPEZA

Após o Programa Bairro Saudável, aproximadamente 450 toneladas de lixo foram recolhidas de terrenos baldios, ruas e casas de Umuarama. “Os agentes que estão em constante trabalho nos Bairros e Distritos, mas ainda muitos focos têm sido encontrados dentro dos quintais das residências. Precisamos do auxílio de todos para alertar sobre a importância de limpar os terrenos, esvaziar potes que tenham água parada e juntos combatermos a dengue”, explicou.

NOTIFICAÇÕES

A administração municipal acionou todas as Secretarias para trabalharem em grupo visando combater a dengue. Os fiscais do Código de Postura estão notificando mais de 100 terrenos vazios para limpeza e roçada. Caso não haja atuação dos proprietários a Prefeitura realiza o serviço com multa e valores do trabalho debitados para os donos.

O boletim epidemiológico semanal com os números da dengue no Paraná apresenta 4.191 casos confirmados. São 1077 casos a mais que na semana anterior, que apresentou 3114 casos confirmados de dengue.

Municípios – São 170 municípios com casos confirmados de dengue e 22 registram situação de epidemia. Os que registram maiores índices de infestação são: Japurá, Francisco Alves, Lupionópolis, Porto Rico, Uraí, Itambé, Leópolis, Santa Mariana, Alvorada do Sul e Loanda.

Em alerta para epidemia são 18 municípios, entre eles Paranacity, Cruzeiro do Sul, Primeiro de Maio, Bandeirantes, Cianorte e Icaraíma.

A forma grave da doença foi registrada em Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Sarandi, Maringá e Sertanópolois.

CLIMA

As 19 estações meteorológicas do Estado analisam que as condições climáticas seguem favoráveis à reprodução e desenvolvimento de focos e dispersão do mosquito Aedes aegypti. “É preciso que a população fique atenta às medidas preventivas de combate; a responsabilidade de acabar com os criadouros e focos do transmissor da dengue, chikungunya e zika é de todos”, afirmou Ivana Belmonte, da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde do Paraná.

Localidades com casos confirmados:

  • Avenida Vitória

  • Avenida Estação

  • Praça dos Chetas

  • Laranjeiras

  • Jardim Kenedi

  • Vitória Regia

  • Parque Bandeirantes

  • Jardim Lisboa

  • Parque Sam Remo

  • Jardim Cruzeiro

  • Alto São Francisco

  • Zona 2

  • Zona 3

  • Jardim Canadá

  • Zona 7

  • Rodoviária

  • Parque Bandeirantes

  • Jardim Modelo

  • Jardim Tropical

  • Jardim Europa