Umuarama

Fique Atento

Casa do Empreendedor alerta para semanas da DASN do MEI

30/01/2019 10H21

A Declaração Anual do Simples Nacional (DASN) pode ser feita até maio de 2019. Mas, para quem quer se antecipar, a Casa do Empreendedor de Umuarama preparou duas semanas – de 11 a 22 de fevereiro – para atender ao microempreendedor e empreendedor individual (MEI) que vai preparar a sua declaração. Será um momento, também, para o MEI conhecer os cursos e treinamentos disponíveis para fortalecer o seu negócio.

“O foco da Casa do Empreendedor é a melhoria do ambiente de negócios. Como os MEIs, micro e pequenas empresas representam mais de 90% do setor de comércio e serviços, exigem um trabalho contínuo de melhoria para as empresas, do desenvolvimento de sua visão de futuro e de racionalização de perspectivas de crescimento. Estamos aqui para ajudar”, apontou o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Umuarama, Douglas Bácaro.

O empreendedor não pode perder estes prazos para manter seu CNPJ válido. A entrega da DASN / SIMEI, que ocorre de janeiro até dia 31 de maio (relativa ao exercício do ano anterior) é um dos deveres do MEI. “Caso a declaração não seja feita anualmente, a emissão dos boletos pode ser bloqueada e o MEI passa a estar irregular”, alerta o coordenador da Casa do Empreendedor, Paulo Leon Baraniuk.

A declaração, que é entregue à Receita Federal, não gera despesas para as empresas. Ela apenas registra o que está acontecendo com milhões de MEIs em todo o país. “Essas informações podem definir novas políticas voltadas para os pequenos empreendedores pelo Sebrae, pelos governos e outras entidades. Uma visão clara disto foi o aumento da oferta de crédito e programas de desenvolvimento para empreendedores feita por praticamente todos os bancos, em 2018. Recursos financeiros bem investidos trazem muito resultado para as empresas”, reforça o coordenador.

Em Umuarama o valor das declarações aumentou 48%, passando de R$ 17 milhões em 2017 para R$ 25,5 milhões em 2018, além do crescimento no número de declarantes. “Isto demonstra que esta economia não para, pois tira pessoas do desemprego e da informalidade que passam a negociar, comprar, vender e interagir com empresas da cidade, gerando mais negócios. A teia econômica do município se reforça e oferece maior sustentação à sobrevivência e crescimento das empresas”, avalia o secretário Douglas Bácaro.

A Casa do Empreendedor oferece ao MEI conhecimento e informação para ter oportunidades mais consistentes na economia local. “Acreditamos no empreendedor. O brasileiro tem vontade de empreender, tanto que o número aumenta a cada ano, e o umuaramense não é diferente: 540 novos MEIs abriram em 2018. A Casa e os parceiros estão aqui para ajudar, caminhar junto e propiciar oportunidades”, acrescentou Baraniuk.

A Casa está à disposição do MEI para encaminhar a regularização de pendências, envio das declarações, emissão de boletos e outros. Os processos são simplificados e o empreendedor pode agendar o dia e o horário de atendimento. Ela funciona na Praça Hênio Romagnoli, 3820, e os telefones são (44) 3055-4023 e 98457-1349.