Umuarama

Social

Casa de Apoio Chico Xavier se torna ponto de amparo para pessoas em tratamento

18/01/2021 11H15

casa_de_apoio_umuarama
João Aparecido de Oliveira e sua esposa Marli Eunice dos Santos sentados à direita com amigos da casa de apoio

Situada na antiga Vita Vitória, ao lado da Associação de Assistência aos Surdos de Umuarama (Assumu), a Casa de Apoio Chico Xavier há um ano passou a receber pessoas de outros municípios e Estados que estão em tratamento de doenças na rede hospitalar de Umuarama. Ao longo desse tempo, o local vem registrando histórias emocionantes de superação e amor ao próximo.

Dentre os relatos está a história do primeiro assistido da casa, o senhor João Aparecido de Oliveira, de 63 anos, morador de Paranavaí. Na época, Oliveira identificou uma alteração na próstata, mas como na sua cidade não havia tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ele conseguiu agendar uma cirurgia em Umuarama. Porém, o que era para ser um simples procedimento se transformou em preocupação, pois no momento da operação os médicos descobriram um tumor em sua próstata e mais tarde foi diagnosticado câncer.

Sem família em Umuarama ou condições financeiras de arcar com a estadia e viagens, o morador de Paranavaí se viu desamparado em um dos piores momentos de sua vida, pois só a radioterapia duraria 35 dias úteis consecutivos. “Me vi sem rumo, pois não tinha condições de alugar um quarto nem uma casa para fazer este tratamento em Umuarama”, disse Oliveira.

No momento de desespero e angustia João Aparecido disse que surgiu uma luz em sua vida. “As coisas começaram a mudar quando consegui o contato da vereadora Ana Carla Novais. Ela foi uma das peças mais importantes para que eu pudesse iniciar meu tratamento. Com a ajuda de sua assessora, ela entrou em contato com senhor Lair Carbonera, um homem muito acolhedor e que me recebeu de braços abertos, mesmo sem nunca ter me visto em sua vida”, lembrou o entrevistado.

João Aparecido foi encaminhado até a casa de apoio, a qual até aquele dia recebia e levava apoio aos moradores de rua. “Lair Carbonera me conduziu até a um abrigo que funcionava no acolhimento de moradores de rua, porém naquele dia ele reuniu a todos e anunciou que a casa seria para acolher pessoas doentes e em situação de risco, que não tinham como se manter e fazer seus tratamentos. Ele ressaltou que os moradores de rua haviam ganhado uma nova casa para serem acolhidos”, explicou.

O tratamento de Oliveira durou quase um ano e todo esse tempo permaneceu na casa, junto com sua esposa Marli Eunice dos Santos. “Hoje estou bem e naquela casa de apoio nunca nos faltou amparo, a Casa da Sopa ajudava mandando o almoço, tínhamos alimentos, utensílios, roupa de cama, chuveiro com água quente, máquina de lavar roupa, ou seja, uma estrutura completa para conseguir fazer meu tratamento com dignidade, tudo isso sem nenhum custo. Deus me honrou demais com todas as pessoas que colocou em meu caminho”, agradeceu.

casa_apoio

A CASA

A Casa de Apoio Chico Xavier é ligada ao Centro Espirita Allan Kardec de Umuarama e hoje é mantida apenas com a ação de voluntários, tanto na questão de doações e de trabalho. Segundo Valdir Zucareli, voluntário da Casa da Sopa e Casa de Apoio, o local conta com quartos adequados com banheiros, cozinha equipada, lavanderia, sala de estar e espaço de descanso. “Não temos imposições para levar o apoio a quem precisa. A pessoa assistida pode ficar na casa com um acompanhante até o fim do seu tratamento”, ressaltou.

O local comporta até 30 pessoas, mas devida as recomendações de prevenção ao coronavírus e a redução de cirurgias eletivas, hoje o local pode receber até 10 pessoas.

Situada na rua São Vicente, ao lado da Assumu a Casa de Apoio atende pelo telefone 44 9976-2641 ou 44 9809-8113.

Apoio

Para manter as pessoas alimentadas A Casa da Sopa e a Casa de Apoio Chico Xavier precisam de apoio e doações de alimentos. As doações podem ser agendadas no WhatsApp 9 9900-6898.