Umuarama

Outono

Calor começa a sair de cena e temperaturas permanecem amenas em Umuarama

28/04/2021 08H42

As roupas de frio começaram a sair dos armários dos umuaramenses desde o início da semana. O calor do verão começou a dar lugar às temperaturas amenas do outono, com previsão para esta manhã de mínima de 10ºC, segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (SIMEPAR).

No mês de outubro de 2020 o Simepar chegou a registrar 41ºC em Umuarama, sendo que há alguns anos a cidade vem marcando temperaturas acima da média, entre outubro e dezembro. Agora, os umuaramenses começam a viver outra realidade, com os termômetros apontando temperaturas entre 30ºC e 12ºC.

Com a queda das temperaturas registradas ontem e por ser a última semana do mês, Umuarama amanheceu tranquila. Durante toda manhã na região central da cidade, poucas pessoas caminhavam pelas ruas e avenidas. Praças e lago municipal a circulação era mínima de umuaramenses, em relação aos dias quentes, quando umuaramenses aproveitam para se exercitar.

Os amantes do frio devem aproveitar o frio ameno, pois a previsão informa que logo após o fim de semana as temperaturas começam a presentar elevação, sendo a máxima de 34ºC e mínima de 20ºC.

Para esta quarta-feira (28), é previsto um leve frio ao amanhecer em todo Paraná. Porém, fica um alerta para o oeste e no noroeste paranaense, pois nestas localidades a umidade relativa fica baixa durante o período da tarde. A seca registrada na região é preocupante e segundo o Simepar, não há previsão de chuvas. Apenas no dia 5 do próximo mês existe uma pequena possibilidade de precipitação do tempo.

Desta forma, o ar mais seco e menos aquecido predomina no interior promovendo manhãs com temperaturas baixas. O alerta também segue para a temporada das queimadas que chega com a seca, uma vez que fuligem e a fumaça leva prejuízos a saúde das pessoas.

Boletim climático

Conforme levantamento do Simepar, os meses de abril, maio e junho, no estado do Paraná, apresentam diminuição no volume de chuva em relação ao verão devido ao deslocamento das primeiras massas de ar frio e seco. Com isso, o intervalo entre as chuvas se torna maior e estão associados principalmente à passagem de frentes frias. Os maiores volumes de chuva são registrados nas regiões Sudoeste e Oeste e os menores no setor norte do Paraná e maio apresenta volume de chuva ligeiramente maior que em abril e junho.

Ao longo da estação as massas de ar frio e seco com origem na Antártica e/ou sul da América do Sul avançam em direção ao Paraná, ocasionando a diminuição mais frequente nas temperaturas e a períodos mais frios, com formação de geadas nas Regiões Sudoeste, Sul, Centro Sul e sul dos Campos Gerais e da Região Metropolitana de Curitiba. Além da ocorrência de noites e manhãs frias a estação registra a formação de nevoeiros e veranicos também fazem parte da climatologia do Paraná.