Cotidiano

Alto Piquiri

Autor confessa que tentativa de morte foi motivada por briga anterior

21/11/2022 16H43

Jornal Ilustrado - Autor confessa que tentativa de morte foi motivada por briga anterior

Um homem de 36 anos se apresentou na delegacia da Polícia Civil de Alto Piquiri na manhã desta segunda-feira (21) e confessou que atirou contra um jovem de 22 anos, na noite de domingo (20).

Para a polícia, o suspeito contou que a tentativa de homicídio foi motivada por uma briga com a vítima no dia anterior. Ele prestou depoimento acompanhado de seu advogado, apresentou a arma do crime e foi liberado por não estar mais em estado de flagrante.

Segundo o delegado adjunto da 7ª SDP e de Alto Piquiri, Adaílton Ribeiro, os investigadores conseguiram identificar o suspeito durante a manhã desta segunda-feira, após diligências. O homem foi intimado de imediato e compareceu na delegacia, com o advogado.

“Além de ter confessado a prática do crime, apresentou a arma que teria sido utilizada para efetuar os disparos. Disse ainda que o motivo teria sido uma briga ocorrida entre as partes na noite anterior a data do crime”, segundo o delegado.

Agora a Polícia Civil aguarda o encaminhamento de alguns laudos periciais para concluir o inquérito policial.

O crime

Segundo a Polícia Militar, a vítima relatou que estava sentada na calçada em frente à sua casa conversando com uma amiga no momento em que foi alvejado com tiros disparados do interior de uma caminhonete prata.

Os tiros acertaram o rosto da vítima, que foi socorrido por um vizinho até o Pronto Atendimento e posteriormente encaminhado para hospital em Umuarama. A princípio a vítima não corre risco de vida, segundo divulgado pela PM.