Policial

CADEIA DE UMUARAMA

Audiência por videoconferência entra em testes na 7ª SDP

07/11/2018 20H39

Umuarama – Uma sala para a realização de audiências de custódia por videoconferência está em testes na 7ª SDP de Umuarama. Na tarde de quarta-feira (7), o som disponibilizado na estrutura seria testado em audiências com a 2ª Vara Criminal de Umuarama. A 1ª Vara Criminal já teria dado aval positivo para o uso do equipamento.

Com isso, após os trâmites burocráticos com a formalização de convênios entre o Judiciário e o Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen), a estrutura poderá ser utilizada durante as audiências. No primeiro momento para as de custódia, que é o primeiro contato que o detido tem com o juiz.

SEGUNDA SDP

Segundo o delegado-chefe da 7ª SDP, Osnildo Carneiro Lemes, atualmente apenas a sub-divisão policial de Pato Branco realiza as audiências por videoconferência no Paraná. “Além de Umuarama há outras delegacias que estão se preparando para isso e até o fim do ano outras SDPs devem estar com a estrutura pronta”, afirmou Lemes.

Ainda segundo o delegado-chefe, o ambiente para a realização das audiências foi reformado. “Pintamos tudo de branco, ficou um ambiente agradável”, disse. O equipamento foi disponibilizado pela Polícia Civil.

MAIS SEGURO

“A partir do momento em que funcionar, isso vai evitar que o preso deixe as instalações da delegacia, que saia para a parte externa da cadeia, além de liberar a Polícia Militar da escolta, de forma que os policiais possam ser empregados para fins mais nobres que é a segurança pública”, salientou Osnildo Lemes.

Atualmente a cadeia pública de Umuarama abriga mais de 200 presos e por dia entre três e quatro pessoas são presas em média na cidade, seja em flagrante ou por força de mandado de prisão.