Umuarama

Meio Ambiente

Área de reserva começa a virar lixão a céu aberto em Serra dos Dourados

22/09/2020 11H02

Indignados com a situação, moradores do distrito de Serra dos Dourados procuraram a reportagem do jornal Umuarama Ilustrado para denunciar o acúmulo de lixo residencial e empresarial em uma reserva legal na área rural do distrito. A diretoria de Meio Ambiente da Prefeitura de Umuarama ressaltou, que já havia notificação do problema.

Segundo moradores de Serra dos Dourados, o problema apareceu há alguns meses e vem aumentando com o passar dos dias. A área de despejo é uma mata e está a mais de um quilômetro da avenida principal do distrito, entre a rodovia que liga o distrito de Vila Nova União e uma estrada rural.

No local estão formando-se três focos de lixo um ao lado do outro. Dentre os resíduos depositados a céu aberto tem lixo de residência, oque vem atraindo moscas e outros insetos, como também, colchão, latas de tinta, tecido utilizado em fábrica de confecção entre outros lixos.

Conforme a diretoria de Meio Ambiente de Umuarama, a pasta já receberam uma denúncia do descarte irregular de lixo. Ainda segundo nota, representantes da diretoria estão estudando providências para serem aplicadas no local e nos próximos dias o lixo será retirado.

lixo_serra_dos_dourados

COLETA DE LIXO

Em Serra dos Dourados a coleta de lixo ocorre regularmente todos os sábados, como nos demais distritos, informou a assessoria de impressa da Prefeitura de Umuarama. Ainda segundo nota foi informado que não houve qualquer paralisação da coleta.

CRIME AMBIENTAL

A prática do descarte lixo doméstico, vegetação, entulhos ou qualquer outro material de maneira irregular é comum em quase todas as cidades brasileiras. No entanto, o que muita gente não sabe é que se trata de um crime e o infrator, se denunciado, poderá ser multado. O descarte irregular de lixo e entulho é considerado crime ambiental e passível de multa, para quem for pego em flagrante, conforme determinam as leis 3002/2018 e 1388/1997.

lixo_serra_dos_dourados_umuarama

INDÚSTRIA

“A orientação vale para resíduos gerados pelas indústrias, comércios e atividades autônomas (prestadores de serviços). A destinação feita em desconformidade com a Lei Federal 12.305/2010 é considerada crime ambiental (lei 9.605/98) e receberá as penalidades cabíveis”, orienta o diretor de Meio Ambiente do município Matheus Michelan. Conforme a legislação, o município não pode receber resíduos de empresas que não sejam coletados pelos caminhões da Prefeitura.