Aragão Filho

18/04/2019

Aragão Filho

18/04/2019 07H14

Ele disse:

“Notório saber não significa apenas conhecimento do que está escrito na lei, é ter consciência do significado ético e social das normas de direito a partir da Constituição. Cheguei a conclusão de que realmente ele não preenche os requisitos.”

De Dalmo Dallari, jurista e professor emérito da Faculdade de Direito da USP, sobre o ministro do STF Alexandre de Moraes, de quem foi orientador de doutorado.

Comilança

Olhando o porte avantajado do deputado federal Felipe Francischini (PSL), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, parece prova material do excesso de gastos irregulares com alimentação com verba da Assembléia Legislativa do Paraná.

A suspeita de comilança exagerada levou a Justiça do Paraná a determinar o bloqueio de bens do deputado de até R$ 103,2 mil.

Parece piada pronta, e é…

Metafísico

Sem querer inticar, será que o ministro Alexandre de Moraes não vai acabar querendo fechar a internet no Brasil para evitar ataques a imagem do STF?

Propaganda

A gigante Samsung ultrapassou a P&G no ranking de gastos com publicidade no mundo.

A empresa coreana aumentou seus gastos em 13%, chegando a US$ 11,2 bi e assumiu a liderança entre quem mais investe em propaganda.

A estratégia é massificar a marca e produtos diante da forte concorrência chinesa.

Lava Jato no mundo

O que o ex-presidente peruano Alan García fez, ao se matar com um tiro para não ser preso em um caso de corrupção ligado à empreiteira brasileira Odebrecht, mostra bem o grau de complicação da corrupção exportada pelo Brasil para o mundo.

E o BNDES financiando a farra.

Mínimo

Depois de saber que o salário mínimo não terá nenhum ganho real, um amigo comentou:

– A esperança é a penúltima que morre, a última seremos nós…

Rumores

Ouvi rumores ontem sobre a insatisfação de caminhoneiros locais, autônomos, com a tabela de frete que não é cumprida, o diesel pela hora da morte e o pavoroso custo dos pedágios.

O que sobra não dá pra dois pacotes de bolachas Maria…

Porém, o governo vai ter que atender o mercado e deixar a Petrobras aumentar seus preços seguindo as cotações internacionais.

Isso dá segurança aos investidores, capisce?

Legal, né?

O investidor compra ação e quer altos lucros, que sairão, é claro, do lombo do consumidor.

Então fica assim; diesel e gasolina, riquezas dos brasileiros, são vendidos aos brasileiros a preços impagáveis para remunerar compradores de ações da Petrobrás, uma empresa dos brasileiros.

Vai embora a riqueza do petróleo, vai embora o capital dos brasileiros e fica a conta.

Cada vez mais alta…

E já que perguntar não ofende…

E se a prefeitura cadastrasse todos os veículos que permanecem imóveis o dia todo em plena Avenida Paraná e passasse a cobrar IPTU, hein?

Papo rápido

– O papa Francisco pediu aos jovens que abandonem o vício do celular…

– Pelo jeito, de tão distraídos teclando nas redes, ninguém viu a mensagem de sua Santidade…

Saga

Neste sábado, no programa Saga de Pioneiros – a narrativa da história contada pelos seus autores, na Inconfidência – AM, o entrevistado será o advogado Dr. Luiz Genésio Picoloto, o Kako desde criança e depois adolescente pelas ruas de Umuarama.

Raul Lopes vai puxar conversa sobre o querido Antonio Picoloto, uma figura que deixou muita saudade.

Seo Antonio comandou o Escritório Marrequinho e comprou, durante anos, quase todo o café produzido na região, quando a região produzia café em grande escala.