Aragão Filho

05/04/2019

Aragão Filho

05/04/2019 07H35

Encontro

Em destaque na coluna de hoje o encontro entre os amigos, o jornalista diretor do Ilustrado, Ilídio Coelho Sobrinho, o advogado Wilton da Silva Longo e a vereadora de Cruzeiro do Oeste, Imaculada Conceição da Silva Magalhães.

Tinta de cabelo

O PSDB do Paraná minguou e se dividiu entre cabelos brancos e cabelos pretos, ou os antigos militantes versus a turma nova que quer re-fundar o tucanato, sem gente envolvida em corrupção, só ficha-limpa.

Mas quem corre atrás de assumir do diretório estadual é Valdir Rossoni, da turma da cabeça-branca, ele próprio investigado na Operação Quadro Negro.

O tucanato encolheu por conta das peraltices de seus graúdos, flagradas em operações do Ministério Público, estadual e federal.

Quanto dinheiro deixou de ser desviado, quanto dinheiro está voltando para os cofres públicos, que trabalho dos bravos Procuradores que não acaba nunca.

Papo rápido

– Tô vendo aqui que a fralda Pamper’s garante 12 horas de sono…

– Então, vou parar de tomar remédio de insônia e vou dormir de fraldas…

Escrito apenas ontem…

As crises políticas são tratadas de maneira tão sensacionalista pela imprensa brasileira que, se a gente estiver no estrangeiro, ao ler um jornal brasileiro tem a impressão que, ao voltar, não encontrará mais o país.

– Stanislaw Ponte Preta.

Licença prêmio

Vai ter barulho para pressionar o governador Ratinho Junior a não mexer na licença prêmio no serviço público, que estaria para ser extinta.

A turma do governo acha injusta a licença de seis meses com direito a salário integral e todas as vantagens para o servidor que completa 10 anos de serviço consecutivo e de três meses para aquele que completa 5 anos.

A ideia é equipar os servidores públicos ao trabalhador comum.

Vai dar briga.

A percepção é a de que o governador tem apoio do pagador de impostos que enxerga na licença um privilégio.

Começou

Municípios quebrados, com enormes problemas, quase todos sem solução se não houver dinheiro, pressão de todos os lados pra cima dos prefeitos, mas o que não falta é candidato a se ‘sacrificar pelo povo’.

É muito amor ao próximo, gente mais altruísta, é comovente.

Umuarama já tem quatro pré-candidatos.

Curitiba tem mais de 10 candidaturas.

Rafael Greca agradece; quanto mais dividida a oposição estiver, mais fácil à vitória na reeleição.

Celso Pozzobon também não fica chateado se aparecerem mais uns cinco postulantes.

Prestígio

Dr. Osmar Serraglio em Brasília em audiência com o Vice Presidente da República, general Hamilton Mourão, senador Heinz e deputados do Rio Grande do Sul, tratando sobre terras indígenas nos três estados sulistas.

Continua prestigiado em Brasília, pela atuação parlamentar e pela sua história.

Logo, segue, mesmo sem mandato, com acesso para a intermediação de demandas de Umuarama e região junto ao governo federal, o que continua fazendo.

Tem trânsito com importantes ministros, a começar pelo chefe da Casa Civil, Ônix Lorenzoni, seu companheiro de CPI dos Correios.

Outro é Sérgio Moro, que teve nele esforçado defensor da Lava Jato quando foi ministro da Justiça.

Toda a imprensa publicou na época que Dr. Osmar deixou o cargo por não aceitar atrapalhar as investigações contra gente do tipo de Aécio Neves, que o xingou de tudo quanto é nome feio quando não conseguiu o que queria, impunidade.

Entre outros pedidos não atendidos, Dr. Osmar se negou a nomear um delegado chefe da PF ‘camarada’ para ‘investigar’ a turma que o Brasil hoje conhece bem.

EXCLUSIVO Prefeitura de Umuarama rescinde contrato da Zona Azul com a Caiuá
Uma das justificativas é que apesar de ter sido notificada para não emitir Aviso de Irregularidade, Caiuá continuou com a cobrança

Fim do mundo

O ex-prefeito de Umuarama, Dr. Luiz Renato, e esposa Gesimary, estão a caminho da Patagonia, Usuhaia, a cidade mais austral do mundo, capital da Terra do Fogo, Antártica e Ilhas do Atlântico Sul, que é o nome oficial da província.

Vai residir num pequeno trailer durante a viagem, que é feita vez em quando por muita gente de Umuarama.

Tem aventureiro, e não são poucos, que enfrentam o trajeto em cima de uma motocicleta.