Aragão Filho

23/03/2019

Aragão Filho

23/03/2019 07H15

Scanavaca presta contas

O ex-prefeito de Umuarama e ex-deputado estadual, Fernando Scanavaca, esteve ontem em visita ao diretor do jornal Umuarama Ilustrado, Ilídio Coelho Sobrinho. Ele aproveitou para entregar um exemplar da publicação na qual faz prestação de contas à comunidade e fala de algumas de suas conquistas para Umuarama e região.

Ele disse:

“O STF passou uma mensagem de esperança para poderosos criminosos de colarinho branco. A Justiça Eleitoral não está estruturada para julgamento de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, cartel, organização criminosa e outros”.

De Roberson Pozzobon, procurador da República integrante da Lava Jato.

Assessor

A ministra Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, nomeou como assessor o jornalista Carlos Moraes.

Carlos Moraes já trabalhou em Umuarama.

No governo Requião manteve um programa na TV do Estado.

Metafísico

E agora, o que os partidos de esquerda devem fazer com as pichações “Fora Temer” espalhadas Brasil afora para evitar que pareça campanha ‘Temer Livre’?

Cargo fraco

Se o cargo é fraco o apoio não é forte.

Na base da velha lógica que rege a política e o poder, a bancada do Paraná na Câmara não quer os cargos federais oferecidos pelo Planalto para apoiar reformas do governo Bolsonaro.

São cargos sem nenhuma expressão.

Ou de pouca ‘expre$$ão’.

As bancadas do Ceará e Alagoas também estão recusando os cargos pelo mesmo motivo.

Não falo que o Brasil é ingovernável…

Vereador

Já é possível perceber certo esforço de campanha de pretendentes à uma vaga na Câmara de vereadores em 2020.

É legitimo.

Mas, se a intenção for ajudar a cidade sem nenhum outro interesse, tem um caminho mais curto e objetivo; o Observatório Social de Umuarama.

E há carência de pessoas abnegadas para ampliar o desempenho do Observatório.

É uma espécie de vereador voluntário.

Quem se habilita?

Clareando

Com as recentes prisões da Lava Jato, Temer, Moreira Franco, vai se dissipando a sombra sobre as razões que levaram esta turma a não querer Dr. Osmar Serraglio no Ministério da Justiça.

Lembro o que disse Aécio Neves, irritado com Serraglio que se negava a fazer qualquer movimento que prejudicasse a Lava Jato; um palavrão nada republicano.

Osmar ficou com a Lava Jato e foi ejetado do ministério.

O que foi motivo para orgulho de seus eleitores, correligionários e, principalmente sua família.

Aos poucos se faz luz sobre aqueles tempos tenebrosos…

Educação

Enquanto o dinheiro para construir e reformar escolas derretia junto ao gelo do balde de refrescar champanhe, a Escola “Duque de Caxias”, de Foz do Iguaçu, conseguiu manter a excelência no ensino durante 3 edições consecutivas da Prova Brasil (2015 a 2017).

Apenas 31 estabelecimentos, num universo de 15 mil escolas de todo o país que atendem alunos da 1.ª à 5.ª série, conseguiram tal feito.

A Justiça Federal interditou a escola vitoriosa porque há sérios riscos do prédio desabar na cabeça das crianças.

Professores, auxiliares, merendeiras, zeladoras, enfim, todos que fizeram a Duque de Caxias ser grande, ficam sem chão por causa de gente pequena cuja obrigação era reformar a escola.

Homenagem

A Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios do Paraná, órgão vinculado à Fecomércio, presta homenagem, no dia 30, a empresárias do Estado que se destacam em suas cidades. O tradicional evento será em Caiobá. De Umuarama, a indicada pela Câmara daqui é Cris Ranzani, primeira professora de musculação da Capital da Amizade. Formada em Educação Física pela UEL, Cris montou sua academia em 1987, na garagem da casa dos pais. Muito dedicada e sempre investindo em novidades prosperou e, atualmente, sua PróForma – Clínica de Treinamento Personalizado é uma das mais conceituadas da região. Uma caravana de empresárias, organizada pela diretoria da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Umuarama, irá para aplaudir a homenageada.