Aragão Filho

Coluna

Aragão Filho

30/12/2020 20H33

Vereadores de Terra Roxa economizam e devolvem R$ 1,2 milhão para a Prefeitura

Presidente da Câmara exibe o cheque simbólico com o valor da devolução

O ano de 2020 foi de muito trabalho, desafios e conquistas pelo Poder Legislativo Municipal. Foram realizadas todas as Sessões Ordinárias e várias Sessões Extraordinárias, com muitas discussões e votações de projetos de interesse da comunidade. A Gestão de 2020 desde o início do ano tomou várias medidas visando economizar recursos e proporcionar ao Executivo Municipal a oportunidade de investimento na Educação, Infraestrutura, Agricultura, Transporte, Saúde, Etc.

Através deste esforço, o Presidente da Câmara Municipal Genivaldo Magnoni Bortoli, parabenizou todos os  vereadores e sua equipe que apoiaram esta ideia, que proporcionou a devolução aos cofres municipais a quantia de R$ 1.253.112,05 (Um milhão duzentos e cinquenta e três mil cento e doze reais e cinco centavos) que foram depositados na conta do Poder Executivo Municipal. Finalizando o Presidente disse que com respeito e seriedade no trato com a causa pública prevalece o caráter e com tudo isso é possível um trabalho honesto e com esta economia e a devolução aos cofres públicos, o Município de Terra Roxa poderá dar melhores condições de vida, de saúde e de educação para os munícipes.

Vereadores de Maria Helena devolvem recursos para a Prefeitura

Vereadores devolvem recursos economizados para a Prefeitura de Maria Helena

A Câmara Municipal de Vereadores de Maria Helena realizou, ontem, a cerimônia para devolução do dinheiro economizado no ano à Prefeitura Municipal. O prefeito Dr. Elias Bezerra de Araújo recebeu o cheque simbólico no valor de 198.872, 39. Os vereadores agradeceram pelo legado deixado na história pelo Prefeito Elias Bezerra de Araújo no município e realizaram as felicitações pelo ano novo e gratidão aos serviços prestados com excelência, desejando sucesso à próxima gestão.

Dr Elias falou das conquistas dos seus dois mandatos realizadas enquanto gestor e disse que “Maria Helena tem jeito e é necessário Gestão correta na Administração Pública, honestidade, cuidado com o próximo e que a futura Gestão tenha sucesso nos trabalhos para o melhor da nossa população e agradeceu o trabalho realizado por todos os vereadores”.

A Presidente da Câmara, Géssica Kauane Zampronio, fez seus agradecimentos a Gestão do Prefeito Dr Elias, aos Vereadores e toda a equipe, disse que ” Gratidão é o que carregamos em nossos corações pelo trabalho do Doutor Elias e equipe, aos Vereadores e toda está unidade, pois todo o trabalho foi desenvolvido com excelência graças a dedicação e amor pela causa por todos os envolvidos, desejou sucesso e prosperidade para próxima Gestão e que o Poder Executivo e Legislativo trabalham em sintonia para o bem comum, desejou um Feliz Ano Novo para toda População”.

Este dinheiro entrará aos Cofres Públicos Municipais para utilizar nos recursos livres da Prefeitura, disponível para 2021.

O povo não conta

Na luta pela presidência na Câmara Federal, o que está em foco não é o povo, é a Lava-Jato, a ‘cabeça’ de Sérgio Moro e garantias de impunidade para crimes com condenação nos recentes escândalos de corrupção.

Um dos dois candidatos, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), do grupo de Rodrigo Maia, se comprometeu, se eleito, instalar a CPI da Lava Jato para investigar a força-tarefa de Curitiba.

Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo governo, tem, ele próprio, sérios problemas com a Justiça.

Lira não poderia, caso eleito, substituir o presidente nos casos previstos em lei por causa da ‘capivara’.

Recado

Zeca Pagodinho mandou o recado:

– Só vou tomar a vacina se for aprovada pela Ambev e ponto final…

Não é fácil contratar

Tauillo Tezelli (Cidadania), prefeito reeleito de Campo Mourão, disse que há, sim, dificuldades para montar uma boa equipe de secretários.

E explicou por que:

– “Tem áreas que é difícil achar pessoas que aceitem por causa do salário que é bem inferior ao que ganham em suas atividades profissionais”.

Parlamento genérico

A Rede Sustentabilidade protocolou no STF petição para que a União apresente semanalmente um relatório que mostre a evolução nas tratativas de aquisição de todas as vacinas disponíveis listadas pela OMS, sendo a primeira em um prazo máximo de 48h.

Este pedido deveria ser feito no parlamento, mas como a Rede não tem votos, nem no plenário e nem nas urnas, apela para o STF, que acaba assumindo o papel do legislador.

Na boa, as instituições estão muito bagunçadas; todos mandam e ninguém obedece.

Nem vem

O médico Marco Polo Dias Freitas, que foi exonerado do STF depois de pedido de reserva de vacina contra coronavirus, disse à Folha de São Paulo que seus superiores sabiam da solicitação.

– “Nestes 11 anos no STF, nunca realizei nenhum ato administrativo sem a ciência e a anuência dos meus superiores hierárquicos.”

Sendo assim, Luiz Fux deve explicações à sociedade.

Mas não vai explicar nada…

Caso Banestado

O 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal publicou o acórdão do julgamento que anulou a sentença condenatória proferida pelo então juiz Sergio Moro no caso Banestado, a operação que o deixou famoso, em 2003.

Na apreciação, o colegiado entendeu que o juiz Moro violou a imparcialidade que é exigida dos magistrados.

Depois de 17 anos e de estampar manchetes e mais manchetes, os acusados são inocentados.

E lá vem ação com pedido de indenização contra o estado por danos morais.

No caso do estado ser condenado ao pagamento de indenização, quem paga somos nós…

Papo rápido

– A imprensa abutre segue o roteiro macabro de difundir medo e pânico, mas por que não destaca que a letalidade do covid é de apenas 0,1%, que de cada 1.000 infectados apenas 1 morre?

– Pois então, quando “esse apenas 1 que morre” for da sua família eu quero ouvir novamente sua opinião, pode ser?

Ladeira abaixo

A tarifa de água vai subir em fevereiro, a gasolina já subiu anteontem, o gás de cozinha também subiu, e você continua descendo a ladeira descuidadamente.

Se liga, playboy, que em janeiro chega o IPTU, o IPVA, a escola da molecada…

Vai posando de rico, vai…

Metafísico

Que mal pergunte, o Ministério da Saúde está tentando compreender a diferença entre intender e entender, é isso?

Uber nas antigas

A morte do estilista Pierre Cardin fez recordar que ele acompanhou a visita da exuberante Jeanne Moreau ao Brasil nos idos de 1974, quando ela estrelou o filme do Cacá Diegues ‘Joanna Francesa’, rodado na fazenda da família Collor, em Alagoas.

Fernando Collor, jovem cabeludo, foi motorista e cicerone da equipe.

A música é do Chico Buarque e do Roberto Menescal.

CAR

Prazo para inscrições no Cadastro Ambiental Rural termina nesta quinta-feira.

Como se trata de fator gerador de multas, não há dúvida de que a multa virá.