Aragão Filho

Coluna

Aragao Filho

10/11/2020 19H44

EM TAPEJARA

Em destaque a equipe jurídica da Prefeitura de Tapejara: Drs. Márcio Francischini, Heros Hissao Beck Suzumura e a bacharel em Direito, Laryssa Bratti Morocler.

Na Câmara de Ivaté

A jovem Crislaine Ruiz Lima, secretária da Câmara Municipal de Ivaté, marca presença para ilustrada a coluna desta quarta-feira.

Papo rápido

– Bolsonaro defende o voto impresso em 2022…

– Se liberar para votar pelos Correios, melhor ainda…

Escrito apenas ontem…

Aquele que não admira o melhor, não pode melhorar. Os que não sabem admirar não têm futuro. É uma covardia aplacar a admiração; é preciso cultivá-la, como fogo sagrado, evitando que a inveja a cubra com a sua pátina ignominiosa.

– José Ingenieros.

Presidente do TJ/PR

Em uma eleição com recorde de votantes, todos os 120 desembargadores votaram, José Laurindo de Souza Neto foi eleito presidente do Tribunal de Justiça do Paraná.

No seu currículo consta que ele é Bacharel em Direito pela Universidade Católica do Paraná, Doutor em Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná, concluiu estágio em pós-doutorado na Universidade de Roma é professor da Escola da Magistratura do Paraná, na qual também é supervisor pedagógico e leciona também no Curso de Mestrado da Universidade Paranaense (Unipar).

Publicou três livros e vários artigos jurídicos em jornais e revistas brasileiras e estrangeiras.

Será que o magistrado tem currículo?

Ele disse:

Moro é fascista, Huck apresentador e Doria mentiroso.”

De Ciro Gomes, em campanha presidencial para 2022.

Surpresa

Pesquisas para consumo interno indicam que surpreenderá o resultado para as 10 vagas à Câmara Municipal de Umuarama.

O que parecia que seria não será mais.

E boa parte do eleitorado oscila entre a indecisão em quem votar e a decisão de não votar, o que é péssimo para os interesses comunitários.

Abrir mão do voto é ajudar o pior a vencer…

Manchete

Manchete de ontem em Campo Mourão, mas que poderia ser aqui, ou alhures:

– Flexibilização e relaxamento da população fazem coronavírus voltar a ganhar força.

Pavor

Paralisia infantil, depois de desaparecer durante décadas, volta a assustar o país.

Só não assusta, aparentemente, pais e responsáveis que deixam de levar os filhos aos postos de vacinação.

O pessoal da saúde anda pegando a laço os renitentes, mas não está fácil…

Velocidade

O Ministério Público do Paraguai pediu, e ganhou, mais seis meses para concluir a investigação do caso de falsificação de documentos pelo ex-jogador de futebol brasileiro Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto Assis.

A prorrogação foi aprovada pela Câmara de Apelação.

Longe do Paraguai, Ronaldinho não tem pressa nenhuma…

Das redes

Circula com força nas redes sociais o recado da turma que não perdoa nem que doa:

Comunicado:

– Senhores candidatos, esse ano não votarei, porque eu voto em uma escola, local de alta contaminação, pois nem as aulas presenciais voltaram, então não me sinto em segurança.

Se fosse em outro local, tipo ônibus cheio, fila da Caixa, bares e casas noturnas, praia, mercado, restaurante eu até me arriscaria, pois são locais de baixíssimo risco, mas em escolas não dá. É muito perigoso.

Vemos-nos na próxima eleição.

Atenção

O contato constante com o eleitor tem levado alguns candidatos a vereador de Umuarama ao isolamento por suspeita de coronavirus.

A candidatura fica prejudicada, mas o eleitor é poupado do risco.

Sem fundos

Segundo informa o TSE, dos quatro candidatos a prefeitura de Umuarama, dois receberam recursos dos partidos e dois preferiram abrir mão da grana pública.

Giuliano Turetta e Celso Pozzobon são os dois candidatos que não receberam dinheiro do fundo de campanha.

Sandro Gregório e a professora Beth usam dinheiro do fundo em suas campanhas.

Tudo dentro da lei, obviamente.