Aragão Filho

Coluna

Aragão

29/08/2020 07H37

Ele disse:

Presidente da República, Jair Bolsonaro, visita usina de Itaipu Binacional

Decidi não participar, no primeiro turno, nas eleições para prefeitos em todo o Brasil. Tenho muito trabalho na Presidência da República e, tal atividade, tomaria todo meu tempo em um momento de pandemia e retomada da nossa economia”.

De Jair Bolsonaro, para desalento dos candidatos que contavam com a ajuda da imagem do presidente em suas campanhas.

Candidatura

O advogado petista Humberto Boaventura vai disputar uma cadeira na Câmara de Maringá a frente da primeira candidatura coletiva a vereador da história da cidade.

Caso a candidatura coletiva saia vitoriosa das urnas, Humberto será o representante legal do grupo e tomará assento no legislativo.

Em um mandato coletivo, diversas pessoas com conhecimento e experiência em áreas específicas, pertencentes a diferentes setores sociais e partidos políticos se juntam para deliberar sobre a cidade e o representante legal atua na Câmara em nome do grupo.

É uma forma de representação quase direta, de ordenamento mais democrático.

Falácia

Manchete da edição de ontem da Folha de São Paulo:

– Assassinato de negros cresce 11,5%; de não negro cai 12,9%.

Aí, o leitor mais atento vai procurar dados do IBGE e fica sabendo que entre 2012 e 2018, em sete anos, portanto, aumentou em 32% a população que se declara preta no Brasil.

Um percentual tem algo a ver com outro?

Preço baixo

Com menor preço médio do Paraná, preço do etanol tem variação de 14% em Campo Mourão.

Ora, o menor preço baixo do Paraná ocorre justamente por conta da variação de preço.

Variação significa concorrência e concorrência derruba preços.

Onde os preços são alinhados, ou quase alinhados, não há concorrência e os preços vão lá pra cima.

Conhece alguma cidade onde é assim?

E já que perguntar não ofende…

Pergunta que rola nas redes: Será que a turma da capa preta do STF vai acabar decidindo que fomos nós que roubamos o Lula?

Novo normal

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, deu o tom do que ele acredita ser o novo normal doravante:

– “A vacina vai acabar com o coronavírus? Não, não vai acabar, vamos conviver com o vírus e ter campanhas de vacinação, como para o H1N1. Também vamos ter hábitos novos, como uso de máscara e os afastamentos sociais necessários em alguns casos. É bom começarmos a colocar essas ideias de forma muito clara. É uma nova normalidade”.

Mais tempo

Para diminuir aglomerações, Justiça Eleitoral decide conceder ao eleitor uma hora a mais para votar em novembro.

Então, faz favor, vamos aproveitar que teremos mais tempo e vamos cuidar de analisar melhor nossas escolhas.

Cancelado

Biografia de Charles de Gaulle revela que o estadista francês era racista.

Não ouvi ainda proposta de cancelar o general da história.

Besteira olímpica de gente obtusa que acha ser possível julgar fatos do passado com as lentes da moral de hoje…

Melhor apagar toda a história…

Papo rápido

– Afinal, quem falou que o coronavirus era apenas uma gripezinha foi Bolsonaro ou foi Dráuzio Varela?

– Os dois, mas só Bolsonaro contraiu a gripezinha…

Papo do papa

Papa Francisco ‘deu a letra’ lá atrás e muita gente não se ligou no papo do papa:

– É melhor ser ateu do que católico hipócrita…

Se ligou agora?

Pois é…

Paulo Coelho afirma que BTS

é a ‘banda mais importante do mundo’

São Paulo, (AE) – O escritor Paulo Coelho usou seu Twitter para elogiar a banda de k-pop BTS na última quinta-feira, 27. “A todos que estão sempre criticando BTS, a banda mais importante do mundo: por favor, assistam a aguns vídeos: tenho certeza de que vão mudar de ideia”, escreveu.

Não é a primeira vez que o escritor brasileiro defende a banda sul-coreana. Em 2019, quando o grupo estava no Brasil para realizar shows, postou: “Aproveitem o Brasil, BTS. Meu País – e eu – adoramos a música de vocês. E esqueçam os críticos, por favor! Eles são como eunucos em um harém, pensam que sabem tudo só de ficar olhando… Não sabem nada!”

Canal Brasil mostra filmes exibidos em Veneza

Aproveitando que a edição 2020 do Festival de Veneza está chegando, o Canal Brasil preparou programação especial com a exibição de filmes que foram apresentados na mostra italiana em anos anteriores. Será uma grande oportunidade de conferir títulos nacionais e estrangeiros, que ganharam destaque nesse que é um dos mais tradicionais festivais de cinema do mundo. Então, preparem-se, pois a mostra começou nesta sexta-feira, 28, e vai até o dia 13 de setembro, sempre de sexta a domingo, às 23h15.

E o filme escolhido para abrir o especial foi Boi Neon (2016), de Gabriel Mascaro, com Juliano Cazarré. No sábado, vai ao ar Deslembro (2019), de Flávia Castro, com Jeanne Boudier, e, no domingo, tem a estreia de Nico, 1988 (2018), de Susanna Nicchiarelli, com Trine Dyrholm. Depois, na sexta seguinte, dia 4, será exibido O Céu de Suely (2006), de Karim Aïnouz, com Hermila Guedes; no dia 5, Cleópatra (2008), de Júlio Bressane, com Alessandra Negrini; no dia 6, O Insulto (2018), de Ziad Doueiri, com Adel Karam.

Fechando a mostra, serão apresentados Domingo, de Fellipe Barbosa e Clara Linhart, na sexta, dia 11; Mate-me Por Favor, de Anita Rocha da Silveira, no sábado, dia 12; e Não Estou Lá, de Todd Haynes, no domingo, dia 13.