Variedades

Aragão

20/08/2020 18H24

Nota 10

Nota 10 para o acordo assinado entre os governadores Ratinho Junior, do Paraná, e Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul, para interligar os dois estados com novos ramais ferroviários, uma revolução que vai recuperar décadas do atraso do Brasil no setor de transportes.

Ele disse:

Nós começamos tudo errado, começamos com essa história de fica em casa, se tiver tosse, febre, dor de cabeça, fica em casa, só vai para o hospital se tiver falta de ar, e aí já era tarde. Foi um erro grave do ministro Mandetta”.

De Ricardo Barros, líder do governo na Câmara.

Não queremos

Deputados do interior do Paraná cujas bases estão em regiões metropolitanas estão debatendo a extensão do socorro financeiro do governo estadual para o transporte público como será feito em Curitiba e região.

Estão na expectativa de receber ajuda as regiões de Londrina, Maringá e Cascavel.

Nossa região está fora.

Aliás, não custa lembrar que a nossa região não quis sequer formalizar a sua Região Metropolitana, aprovada na Assembleia Legislativa por proposição do então deputado Fernando Scanavacca, que fez a sua parte.

Luz que clareia

A iluminação LED que está sendo instalada em vários pontos da cidade está trazendo mais vida e mais segurança para a população.

E ainda custa menos na hora de pagar a conta de luz.

Nem a chuva está segurando os instaladores das novas luminárias.

Pai de quem

Entrando firme no último reduto do PT, o Nordeste, o presidente Jair Bolsonaro começa a ser chamado por lá de “pai dos pobres”.

A turma do contra faz réplica e diz que é também “pai de corrupto”.

A tréplica não demorou:

– Por falar em ‘pai de corrupto’, como vai Lula?

Ô raça!

Estou esperando a quadrúplica…

Adequação

O Sindicato dos Metalúrgicos tem encontro marcado com executivos da Volkswagen do Brasil para discutir uma adequação do quadro de pessoal da fábrica de São José dos Pinhais.

A justificativa é a pandemia que derrubou as vendas de carros novos.

A tradução para “adequação do quadro de pessoal” é demissão.

Grupo dos Onze

Apenas onze dos 33 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral poderão receber recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, o Fundo Eleitoral, para as Eleições 2020.

Os onze partidos embolsarão quase R$ 800 milhões.

O valor total destinado ao Fundo (sem fundo) é de R$ 2,03 bilhões.

Plasma convalescente

O Hospital Cemil de Umuarama, alinhado a vanguarda do país, aderiu ao protocolo de tratamento com plasma convalescente de doentes que ficaram curados de Covid-19, e a segurança sanitária segue se fortalecendo.

Quem já foi contaminado pelo coronarí vus pode ajudar, basta procurar o Hemonúcleo de Umuarama e se apresentarem como doadores de sangue.

Basta agendar pelo fone (44) 3621-8307.

Vamos lá que a causa vale vidas!

Papo rápido

– Alguém já calculou o valor real de uma vida humana?

– Não sei, mas, pra você, qual seria o valor real da vida da sua mãe?

Escrito apenas ontem…

A farsa e o melodrama, eis os dois alimentos que o estômago do público suporta.-

Machado de Assis.

Brasileira é a primeira a ver a

Mona Lisa após reabertura do Louvre

São Paulo, (AE) – A estudante de música Juliana Coelho foi a primeira pessoa a ver a Mona Lisa, o quadro mais famoso de Leonardo da Vinci, na reabertura do Museu do Louvre, em Paris, no dia 6 de julho. Na França na época com um bolsa de estudos, ela viveu a pior parte da pandemia na Europa em Nice, mas ao visitar a capital francesa como parte de sua pesquisa, aproveitou a oportunidade e comprou um ingresso no primeiro horário da rebertura do museu e foi a primeira à chegar ao quadro, geralmente cercado de turistas.

Em entrevista à rádio francesa RFI divulgada nesta quarta-feira, 19, a musicista conta que procurou o quadro logo ao entrar no museu, que no dia tinha visitas e público limitado, além da cobertura da imprensa. “Cheguei uns 20 minutos antes, o museu estava cheio de repórteres, com umas 30 pessoas na minha frente, na fila. Na hora de entrar, peguei uma escada para tentar achar o andar em que estava a Mona Lisa e pensei que deveria ir lá primeiro, para pegar mais vazio, antes de fazer o resto do museu”, descreveu.

Ela então chegou ao Pavilhão Denon, praticamente vazio – uma verdadeira raridade, já que o quadro é o mais concorrido do Louvre em condições normais.