Aragão Filho

Coluna

Aragão

05/09/2020 07H37

Em casa

Os jornalistas do jornal Gazeta do Povo não voltarão mais a trabalhar na redação física, mesmo após a pandemia.

O enorme prédio novo, inaugurado há menos de 3 anos, o belo edifício Aroeira Office Park, no Tarumã, terá apenas um andar ocupado por outras áreas do jornal, como o setor de TI e o Departamento Comercial.

A turma da redação vai atuar definitivamente em home office, interligados online com os editores de cada editoria.

Escrito apenas ontem…

Se o professor fizer uma pergunta em sala de aula cuja resposta pode ser encontrada no Google, a pergunta está errada.

– Johana Gagner.

Candidata

Renata Bueno, filha do deputado federal Rubens Bueno, é novamente candidata a deputada.

Calma, não vai concorrer com o pai; ela disputa cadeira no parlamento italiano, onde já ocupou o cargo representando os brasileiros descendentes de italianos.

A votação será nos dias 20 e 21

Renata está pedindo o voto da comunidade Ítalo/Brasileira.

Em Umuarama e região tem muita gente com direito a voto para o parlamento italiano.

Veículos compartilhados

O Governo do Paraná iniciou na quarta-feira, dia 2, o compartilhamento de veículos elétricos para o deslocamento de servidores públicos a serviço, por meio do projeto VEM PR, em uma parceria com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

Excelente iniciativa que trará significativa economia para o setor público, inclusive para as prefeituras.

O Boticário

O Paraná voltará a ser base de operação do comércio eletrônico do Grupo Boticário no Brasil.

Com apoio do Governo do Estado, O Boticário vai investir 83 milhões e 500 mil reais para implantar duas unidades de e-commerce, que vão operacionalizar o comércio eletrônico de cosméticos em todo o território nacional, e também de um Centro de Distribuição para atender a região Sul.

Umuarama tem uma das mais importantes franquias do O Boticário no país, muito bem administrada pela família Bruno, sob o comando de Clóvis Bruno Filho.

Policromático

Quando um pobre conseguir ter em mãos uma cédula de R$ 200,00 será possível entender o verdadeiro sentido da frase estampada na nota: “Deus seja louvado”.

Locação

Prefeitura pode contratar empresa de locação de luminária de led.

O Tribunal de Contas do Estado respondeu a consulta da prefeitura de Campo Mourão liberando o aluguel de luminárias de led, mas alertou que é preciso ter um estudo técnico de viabilidade que comprove a vantagem da locação sobre a compra.

A empresa aluga, faz manutenção, troca lâmpada queimada e recebe da prefeitura por lâmpada acesa.

Não é mau negócio, para os dois lados…

Bolacha recheada

O prefeito de Moreira Sales, Rafael Bolacha, poderá disputar a reeleição como candidato único.

Dos 11 partidos organizados na cidade, ele recebeu apoio de nove, faltando fechar acordo apenas com o PSD e PSC.

Fico imaginando a situação se o prefeito tiver que dar uns cargos para a companheirada de cada partido…

Vai faltar prefeitura…

Contagem

Em 30 anos, apenas um governador não foi preso no Rio de Janeiro; Leonel de Moura Brizola.

E também não forma presos alguns vices que assumiram o cargo e não tiveram tempo para estripulias.

E houve quem fez estripulias e não foi flagrado…

Pobre de ti, Rio…

Ele disse:

A proposta é realizar uma auditoria completa, para avaliar os bens móveis e imóveis que as concessionárias vão deixar para o Estado, mas também para inspecionar as obras por elas realizadas, tais como viadutos, trincheiras, bueiros, enfim, todas as estruturas de contenção de taludes e dispositivos de drenagem. Não vamos permitir mais trapaças de empresários desonestos”.

De Luiz Claudio Romanelli, deputado estadual de olho nas tramoias que envolvem também a PR-323.

Comunicação

O presidente Bolsonaro disse sobre o auxílio:

– “Eu sei que é pouco R$ 300, mas para quem paga, que é o Brasil, é muito. Não podemos continuar nos endividando quase R$ 50 bilhões por mês”.

Manchetes que estamparam os principais rotativos do país:

– “Bolsonaro diz que auxílio emergencial de R$ 300 é muito”.

Vai vendo a ‘matrix’ em que vivemos…

Fora da realidade

Juízes, promotores, deputados e senadores ficaram de fora da reforma administrativa enviada pelo governo federal.

Traduzindo; todos os que sempre estiveram de fora continuarão fora da realidade do pagador da conta, o sofrido povo brasileiro.

Mas, quem se importa, povo é só um detalhe…

Palmas

A agricultura brasileira está carregando o Brasil nas costas.

Palmas para os bravos agricultores brasileiros.

Antigamente se chamava ‘gente da roça’, agora é ‘gente do agronegócio’.

Não importa o nome, essa gente continua carregando o Brasil nas costas…

E os caminhoneiros transportando tudo isso; da roça pra cidade, da cidade para os portos, dos portos para o mundo…

Turma da Mônica e ONU Brasil divulgam

recomendações de proteção na pandemia

São Paulo, (AE) – A Turma da Mônica e a Organização das Nações Unidas (ONU) lançam a campanha Verificado para combater a desinformação nesta pandemia do novo coronavírus. O objetivo é disseminar orientações e informações educativas sobre os cuidados que devem ser tomados para a proteção contra a covid-19

A partir desta quinta-feira, 3, conteúdos ilustrativos da Mônica e seus amigos serão publicados em diversos canais de comunicação e nas redes sociais – Facebook, Twitter, Instagram e outras – da ONU Brasil e da Turma da Mônica.

A campanha Juntos Contra o Coronavírus, da Mauricio de Sousa Produções, mostra engajamento nesse tema desde o início da pandemia, com as histórias dos personagens infantis aliadas à colaboração e ao desenvolvimento de ações que podem, de alguma forma, trazer benefícios para todos os cidadãos.

Ilustrações como a do personagem Cascão lavando as mãos viralizaram nas redes sociais. De acordo com Mauricio de Sousa, a campanha Verificado é fundamental: “É mais uma necessária ação para a informação das crianças sobre os cuidados que devemos tomar diante desse vírus e que servirão para sempre daqui por diante. Nossa turminha não poderia ficar de fora de algo tão importante”, enfatiza.