Policial

PROCURA-SE

Amigos se mobilizam em busca de homem desaparecido há 6 dias

02/01/2019 17H54

PROCURA-SE Amigos se mobilizam em busca de homem desaparecido há 6 dias
Amigos e familiares estão em busca de informações sobre o suspervisor de vendas Tony Clayton Pereira, desaparecido na madrugada de sábado (29) (foto redes sociais)

Umuarama – Amigos estão mobilizados nas redes sociais em busca de notícias do supervisor de vendas Tony Clayton Pereira, 35 anos, desaparecido há seis dias, em Cianorte. Na manhã de quarta-feira (3) foi registrado um boletim de ocorrência na delegacia da Polícia Civil da cidade.

Segundo o amigo e colega de trabalho Dionathan Andrade, o supervisor é morador de Pérola, mas estava em Cianorte desde o natal, que passou na companhia de amigos. No sábado (29) deveria ter viajado para Votuporanga, no interior paulista, para visitar a mãe e a irmã. “Ele não chegou em Votuporanga. Acreditamos que não chegou a sair de viagem, pois uma amiga deveria ir junto”, explicou Andrade.

ÚLTIMO CONTATO

De acordo com ele, o último rastreamento via celular de Clayton ocorreu por volta das 3 horas de sábado (29), na rua Antonio Volpato, em Sarandi, na Região Metropolitana de Maringá. “Fomos até esse local, tem posto de combustível, hotel próximo, mas não conseguimos informações”, explicou Andrade.

Quando saiu, Clayton estava com dois aparelhos celulares: um pessoal e outro da empresa. O carro de Clayton, um Fiat Stilo sport, prata, com placas MFE-5154, de Cianorte, também não foi localizado. Ainda segundo o amigo, Clayton estaria com quase R$ 2 mil em dinheiro. “Como iria viajar, disse que preferia usar o dinheiro a usar o cartão de crédito”.

SEMPRE ONLINE

Segundo Andrade, essa é a primeira vez que Clayton desaparece. “Ele é muito responsável e comprometido com o trabalho. Não tem envolvimento com drogas, mora sozinho, não tem o hábito de sumir. Está sempre online e nunca desapareceu antes. São muitos dias sem contato para alguém que está sempre online. Já procuramos em hospitais, IML e nada”, explicou. Nenhum dos aparelhos celulares está ligado.

Andrade não descarta a possibilidade de Clayton ter ido ao encontro de alguma pessoa. “Não descartamos nada. Pode não ter ocorrido nada ou pode ter acontecido algo também. Pedimos ajuda para encontrá-lo”, afirmou. Familiares do supervisor de vendas estão vindo para ajudar nas buscas.

INFORMAÇÕES

Informações podem ser repassadas pelos telefones 197 da Polícia Civil, 190 da Polícia Militar ou pelo celular 99936-9139.