Cotidiano

SEGURANÇA PÚBLICA

Ameaça, extorsão, drogas e armas motivam ‘pente fino’ na cadeia de Umuarama

28/09/2020 17H05

Durante a fiscalização foram apreendidos uma pistola, carregador, celulares e drogas (foto divulgação Depen)

Uma denúncia de ameaça e extorsão com ligações que estariam partindo de dentro da cadeia de Umuarama, aliado ao flagrante dado na manhã de sexta-feira (25), onde os agentes do Depen encontraram um homem que tentava passa para dentro da prisão, através do solário, uma sacola com arma, munições, drogas e celulares levou a realização de um verdadeiro ‘pente-fino’ no interior do mini-presídio no último sábado (26).

SACOLA

Segundo o chefe regional do Departamento Penitenciário Geraldo Andrade, perto das 6 horas de sábado um agente visualizou um homem tentando repassar a sacola para os presos. O policial deu voz de abordagem e acabou realizando dois disparos de arma de fogo. O criminoso fugiu, mas deixou a sacola para trás.

ARMAS

Quando os policiais viram o conteúdo encontraram uma pistola 6.35, 22 munições e carregadores. Depois veio a informação que parte da ‘encomenda’ teria sido feita e que uma pistola estaria dentro da unidade prisional.

Com isso, na manhã de sábado, foi realizado procedimento de revista minuciosa na cadeia pública de Umuarama com apoio da equipe Setor de Operações Especiais (SOE) Base Maringá e policiais penais do Depen.

PENTE-FINO

Durante a revista foram aprendidos os seguintes e ilícitos: uma pistola marca Taurus calibre 6.35; quase meio quilo de maconha; buchas de cocaína; 62 celulares; 13 baterias; 45 carregadores;6 estoques artesanais; diversos cabos e cadernos com anotações de uma suposta organização criminosa.

EXTORSÃO

Ainda segundo denúncias recebidas pelo Depen, uma pessoa estaria sendo ameaçada e extorquida com ligações feitas por um preso. Na ala tida como seguro, foram encontrados três aparelhos celulares. Um inquérito da Polícia Civil vai apurar o caso.

CADEIA

A cadeia de Umuarama tem capacidade para cerca de 60 presos e abrigava nesta segunda-feira (28) 304 pessoas. A construção é antiga, construída no início da década de 1980 e já foi palco de diversas fugas e tentativas. No local, até explosivo plástico já foi apreendido em mais de uma vez e o chão é um verdadeiro queijo suíço por causa de túneis feitos ao longo dos anos.

CASA DE CUSTÓDIA

Há dois anos a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) trabalha em um projeto para a construção de uma Casa de Custódia com capacidade para abrigar mais de 700 detentos. O terreno já foi doado pelo Município de Umuarama e fica as margens da Estrada Canelinha, a cerca de 800 metros do Jardim São Cristóvão.