Região

TOMATEC

Agricultores da região inovam produzindo tomate seguindo os eixos da sustentabilidade

06/09/2020 08H21

eduardo_paulo_tomatec
Eduardo Petinati Ribeiro (a direita) e Paulo Henrique Gaiarin (a esqueda) mostram a estufa onde é produzido o Tomatec

O projeto do tomate produzido seguindo os pilares da sustentabilidade (social, ambiental e econômico), conhecido como Tomatec, chegou à região de Umuarama. A iniciativa vem dos produtores Eduardo Petinati Ribeiro e Paulo Henrique Gaiarin com apoio da Emater (IDR-Paraná). O fruto está sendo produzido em Altônia (80 quilômetros de Umuarama).

Parceiros desde a época da faculdade, quando cursaram Agronomia na Universidade Estadual de Maringá (UEM), Eduardo e Paulo sempre projetaram ter um empreendimento agrícola e quando souberam do Tomatec, não tiveram duvidas em que iriam investir.

Conforme Gaiarin, a cultura do tomate que recebe o selo Tomatec tem o objetivo melhorar o cultivo do tomate de mesa por meio de boas práticas agrícolas. “Somo os primeiros da região a levar para os consumidores o tomate com esse selo, o qual segue um protocolo rígido para se transformar em um produto seguro, saudável e sustentável”, explicou.

Os produtores explicaram que a ideia era oferecer para o mercado regional um fruto diferente e visando à saúde do cliente, como também, do meio ambiental. “Conversamos com o pessoal da Emater e conhecemos o Tomatec, uma cultura que visa o equilíbrio do solo, do clima e pragas. Aqui na nossa cultura optamos em não usar agrotóxicos”, explicou.

A cultura

Na propriedade em Altônia, o tomate está sendo produzido em uma estufa de mil metros quadrados onde estão plantados dois mil pés de tomate, em um manejo integrado de pragas. Cada cacho de tomate recebe uma proteção de um saco de papel, que impede o ataque da broca. O ensacamento ocorre na época da flora protegendo o fruto e minimizando a necessidade do uso de agrotóxicos.

tomatec_emater_altonia
João Gabriel Nunes de Oliveira, agrônomo da Emater, confere a qualidade do fruto ainda no pé

A expectativa dos agricultores para primeira safra é colher dez quilos de tomate por pé. “É um número além da expectativa, por ser a primeira safra”, disse Gaiarim.

Conforme o engenheiro agrônomo da Emater (IDR-Paraná), João Gabriel Nunes de Oliveira, o Tomatec é um produto rastreado e para os produtores receberem o selo tiveram que seguir todo um controle de qualidade. “Esse tomate dos produtores Paulo e Eduardo foi para A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, onde foi feita analise, a qual mostrou que o fruto não tem nenhum traço de veneno. Só após esse estudo os produtores ganharam o certificado e o selo Tomatec”, noticiou. 

Ainda segundo o agrônomo, na cultura do Tomatec de Altônia foram usados produtos biológicos, ou seja, fungos e bactérias que lutam contra o ataque das pragas. “Sem produto químico a planta se desenvolve melhor e isso também oferece maior qualidade ao fruto, que chega para o consumidor com uma doçura diferenciada”, explicou.

Primeira colheita

tomatec_tomate

Na última semana os produtores começaram a primeira colheita e entregaram o produto nos mercados de Umuarama e Altônia. “Já entregamos 250 bandejas em mercados e percebemos a boa aceitação. O consumidor está mais atendo ao tipo de alimento que estão levando para casa e colocando na mesa para consumir” ressaltou Eduardo Petinati.

“Naturalmente os primeiros cachos tem algum tipo de problema, até por estarem mais próximos do solo, mas tivemos a felicidade de colher 10 caixas do primeiros cachos, isso é um resultado muito bom. Temos que agradecer ao Nilson Ladeia Carvalho da Emater de Londrina,  o João Gabriel Nunes de Oliveira da Emater de Altônia, o Carlos Alberto de Orio de Cruzeiro do Oeste e o Ednilson Simone de Umuarama ”, comemorou Petinati.

paulo_eduardo_tomatec_altonia

TOMATEC

O Tomate em Cultivo Sustentável , Tomatec, é um sistema de produção desenvolvido pela Embrapa Solos, do Rio de Janeiro, cujo propósito básico é o melhoramento do cultivo do tomate de mesa através de boas práticas agrícolas. As principais práticas que estão envolvidas na produção do Tomatec são a fertirrigação por gotejamento, o ensacamento de pencas, a utilização de fitilho nas lavouras e o manejo integrado de pragas. Além disso, a marca Tomatec foi registrada junto ao INPI como propriedade da Embrapa. De 2012 em diante, a ideia é que a Embrapa Solos identifique uma entidade certificadora para o Tomatec, atestando se um tomate de mesa é Tomatec de acordo com suas propriedades, características e técnicas utilizadas no cultivo.

estufa_tomatec_umuarama_altonia