Vida e Cultura

Agosto de novidades na Globoplay

03/08/2020 08H52

Novas temporadas de várias séries e novos clássicos da teledramaturgia brasileira estarão disponíveis durante o mês

Época de pandemia, inverno e recomendação para ficar em casa, ingredientes ideais para passar o tempo em frente à telinha. No momento em que estamos vivendo, ameaçados por um vírus invisível, o que resta para muitos é ficar vasculhando a internet e sapeando os canais de TV. Os serviços de streaming pagos ou não ganharam um reforço de assinantes. Talvez a Netflix seja um dos serviços mais conhecidos, mas a Globoplay vem conquistando cada vez mais o coração do brasileiro. O motivo é a grande disponibilidade de produtos nacionais de sucesso. Se antes para relembrar aquela novela que deixou saudade era necessário ter uma assinatura da TV paga para assistir ao Canal Viva, agora basta acessar a internet e navegar pelo enorme catálogo de opções do serviço de streaming da Globo. E o melhor, se vc não quer gastar por enquanto, pode conferir gratuitamente os primeiros capítulos de todas as novelas disponíveis na plataforma e se gostar e a saudade apertar, basta contratar o serviço de assinatura.

Mas, não é só de saudosismo que vive a plataforma. A Globoplay preparou para o mês de agosto inúmeras novidades para todos os gostos. Temporadas inéditas muito aguardadas pelo público, títulos exclusivos, novas superproduções, séries e claro, as novelas clássicas estão chamando os fãs desta quarentena.

As intensas perseguições e provocações que conduzem “Killing Eve – Dupla Obsessão” continuam com a chegada da terceira temporada da série exclusiva Globoplay. A trama gira em torno de Eve (Sandra Oh), uma agente secreta que fica obcecada em conseguir capturar uma misteriosa assassina, Villanelle (Jodie Comer), e embarca em uma perigosa caçada. Nesta sequência, o público vai descobrir o que aconteceu após o tiro disparado por Villanelle em direção a Eve.
Também exclusivo Globoplay, o thriller de mistério “The Head” desenvolve um enredo de sobrevivência e investigação ambientado em um dos lugares mais remotos do planeta, a Antártida. A história se desenrola em três linhas cronológicas contadas através dos testemunhos conflitantes dos últimos sobreviventes de uma missão em uma estação de pesquisa local. O elenco conta com Álvaro Morte, John Lynch, Katharine O’Donnelly, Alexandre Willaume, Laura Bach, entre outros.
Em agosto, a franquia “Chicago” fica completa, e os fãs vão ter disponível o único título que faltava para maratonar: “Chicago P.D”. O drama policial acompanha a vida de quem coloca tudo em risco para servir e proteger. De um lado, os policiais uniformizados que patrulham as ruas; de outro, a unidade de inteligência que combate os principais delitos da cidade, como crime organizado, tráfico de drogas e assassinatos. Liderando a equipe de inteligência está o sargento Hank Voight (Jason Beghe), um homem que possui seu próprio senso de justiça e está sempre disposto a contornar a lei, seja para proteger as pessoas próximas ou fazer o que acha certo, para seu próprio benefício.
Já na série exclusiva “A Última Onda”, uma cidade costeira é abalada pelo encontro de uma nuvem sinistra e uma onda gigante durante uma competição de surfe. Alguns surfistas desaparecem no mar por umas horas e, quando surgem de volta, além de não se recordarem de nada, ainda descobrem que desenvolveram habilidades sobrenaturais.
Em “A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert”, baseado no best-seller homônimo de Joël Dicker, o ator Patrick Dempsey dá vida ao protagonista do título. Harry Quebert é um escritor que repentinamente se vê envolvido em um assassinato quando o corpo de uma mulher é encontrado enterrado no terreno da sua propriedade. O jovem e bem-sucedido novelista Marcus Goldman (Ben Schnetzer), que considera Quebert seu mentor, fará de tudo para provar a inocência dele.

Este mês ainda será marcado pela chegada de três novelas clássicas ao Globoplay. A primeira é “Torre de Babel”. A história começa na grande São Paulo, no final da década de 1970. O ex-perito em fogos de artifícios José Clementino (Tony Ramos) arranja emprego como pedreiro na construção de um suntuoso shopping center, uma das muitas obras realizadas pela construtora do engenheiro César Toledo (Tarcísio Meira). Durante uma festa, Clementino comete um crime e é preso. César Toledo depõe contra ele no julgamento, e seu testemunho é decisivo para a condenação do funcionário. Vinte anos se passam, Clementino ganha liberdade e volta mais amargurado. Dando início ao seu plano de vingança, ele consegue um emprego como vigia do Tropical Towers com o objetivo de destruir o grande empreendimento.

Em seguida, é a vez de “Fera Radical”. A trama gira em torno de Cláudia (Malu Mader), que deixa o Rio de Janeiro e retorna à pequena cidade de Rio Novo disposta a se vingar do extermínio de sua família, ocorrido 15 anos antes. A jovem consegue trabalho como analista de sistemas na Fazenda Olho d’Água, cujos proprietários são os suspeitos do assassinato de seus pais e irmãos. Mas, ela se surpreende com a demonstração de amizade e carinho de Altino Flores (Paulo Goulart), o patriarca da família. Obstinada com a ideia de vingança, Cláudia tenta de todas as formas agir friamente, mas acaba se envolvendo com os filhos de Altino, Heitor (Thales Pan Chacon) e Fernando (José Mayer), por quem se apaixona de verdade. A jovem ainda tem de enfrentar a perseguição de Joana (Yara Amaral), mulher de Altino, que descobre sua verdadeira identidade.

A estreia de “A Indomada” completa o mês. A história se passa na fictícia Greenville. Apesar da decadência local, alguns moradores não perdem a pose, como os Mendonça e Albuquerque, donos da Usina Monguaba. Eles jamais permitiriam o envolvimento de uma “nobre” da família com um homem qualquer. Na década de 1970, Eulália de Mendonça e Albuquerque (Adriana Esteves) se apaixona por Zé Leandro (Carlos Alberto Riccelli), cortador de cana da usina de sua família. Os dois sofrem com a perseguição dos Mendonça e Albuquerque, e Pedro Afonso (Cláudio Marzo), irmão de Eulália, ameaça Zé Leandro de morte. O rapaz é obrigado a fugir, mas promete voltar um dia para buscar a amada, que está grávida. A criança nasce e é batizada como Lúcia Helena (Leandra Leal). Eulália passa a viver em segredo, fugindo do rancor do irmão e do veneno da cunhada, Altiva (Eva Wilma), mulher má e mesquinha. E divide com a filha a expectativa pela volta de seu marido.

Essas são as novidades da Globoplay, além das inúmeras opções que já existem e podem ser vasculhadas e apreciadas com muita calma para os amantes da telinha e telona, é claro!