Cotidiano

TRÁFICO DE DROGAS

Advogado é preso ao tentar entregar cocaína na cadeia de Umuarama

09/10/2021 10H00

Foto divulgação Depen

Um advogado foi flagrado entregando mais de meio quilo de cocaína a um detento da cadeia pública de Umuarama no fim da manhã desta sexta-feira (8), segundo o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen).

A situação ocorreu em uma sala chamada de parlatório, local destinado a encontros entre advogado e cliente, situada na ala administrativa da cadeia. A droga, que pesou 556 gramas, estava dentro de uma mangueira transparente com 7,5 metros de comprimento. O advogado é acusado de tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil o advogado já responde a inquérito que apura ao menos duas tentativas de aliciamento de agentes carcerários para permitir ‘facilidades’ a presos. A situação ocorreu em 2020 após denúncia dos agentes de segurança.

OAB

A Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Umuarama, acompanha o caso. Segundo o presidente da entidade, Ricardo Janeiro, a OAB vai acompanhar para assegurar que toda a apuração seja feita respeitando todas as garantias legais e salientou que se ao final ficar evidenciada a participação do advogado, a OAB também adotará medidas disciplinares cabíveis, que pode chegar até a exclusão dos quadros da entidade.

“Por força de lei a OAB acompanha os desdobramentos das investigações e das prisões em flagrante contra seus inscritos e, após o devido processo legal, caso fique evidenciado a participação do advogado nos fatos imputados, a OAB/PR também adotará as medidas disciplinares cabíveis”, salientou Janeiro.

O flagrante

Segundo nota emitida pelo Depen, “ a prisão ocorreu no momento em que o advogado tentava passar a mangueira pelo buraco da fiação elétrica”. O preso que receberia a droga também foi autuado em flagrante por tráfico e deve responder também a processo administrativo disciplinar conduzido pelo Depen.