Cotidiano

OPERAÇÃO CONJUNTA

Advogado é preso acusado de tráfico de drogas e venda de armas em Goioerê

27/08/2020 15H15

poli

Um advogado foi preso no início da manhã desta quinta-feira (27) durante a deflagração de uma operação conjunta do Ministério Público e Polícia Civil de Goioerê, a 60 km de Umuarama. Ele é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas e venda ilegal de armas, além de associação para o tráfico.

BUSCAS

Além da prisão do advogado, foram realizadas buscas e apreensões em três endereços do investigado: sua residência, seu escritório e uma localidade rural de sua propriedade no município de Moreira Sales.

Foram apreendidos documentos, celulares e uma arma de fogo. A ação foi acompanhada por um representante da subseção de Goioerê da Ordem dos Advogados do Brasil para resguardo das prerrogativas previstas no Estatuto da OAB.

A ação contou com o apoio do Grupo de Diligências Especiais da 7ª SDP e da equipe do Canil do 25º BPM, ambos de Umuarama.

Segundo o Ministério Público, os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Vara Criminal de Goioerê, a pedido da Promotoria de Justiça, após investigações relacionadas à prisão de traficantes, em 7 de julho e 12 de agosto, indicarem a participação do advogado nas atividades criminosas.

CASAL DESAPARECIDO

Segundo o delegado da Polícia Civil Adaílton Ribeiro Júnior, a prisão do advogado a princípio não há qualquer relação com o desaparecimento do casal Kawany Cleve e Rubens Bigueti Júnior, ocorrido no último dia 03 de agosto, em Goioerê. “Não descartamos nenhuma hipótese no caso do desaparecimento e todas as possibilidades estão e serão averiguadas, mas não temos nada que ligue o advogado ao desaparecimento. A prisão ocorreu em decorrência de investigações que apontam o envolvimento com o tráfico de drogas e associação para o tráfico”, afirmou Ribeiro Júnior.