Policial

Policial

Licitação de Casa de Custódia está prevista para início de 2020, diz Sesp

23/09/2019 08H39

A apreensão de uma banana de dinamite no interior da cadeia pública de Umuarama esta semana e o pedido feito à Prefeitura de Umuarama pelo deputado estadual Delegado Fernando, para a doação de um terreno para a construção de uma delegacia cidadã, trouxeram a tona um assunto recorrente: a necessidade de uma nova estrutura para abrigar presos provisórios em Umuarama.

PROJETOS

Segundo informações repassadas pela assessoria da Secretaria de Estado de Segurança Pública, o projeto para a construção de uma Casa de Custódia as margens da Estrada Canelinha estão em fase de aprovação junto a Caixa Econômica Federal e a previsão é que o processo licitatório comece até o início de 2020.

RECURSOS

Os recursos estão sendo disponibilizados ao Governo do Estado através do Departamento Penitenciário Nacional. Além de Umuarama, outras cidades do Paraná também estão sendo contemplados com novas casas de custódia e presídios. Em Guaíra, as obras começam até o fim do ano.

OBRA

Obra está prevista para ser construída num terreno distante cerca de mil metros a avenida principal de acesso ao bairro São Cristóvão, na estrada Canelinha. Vai abrigar até 752 detentos, a princípio, temporários.

O Município desapropriou uma área de 36,3 mil metros quadrados localizados atrás da subestação III da Copel, na Estrada Canelinha, para a construção da Casa de Custódia.

Após o início das obras, o prazo para a construção é de até 24 meses. A estrutura é para abrigar presos provisórios, ou seja, que aguardam julgamento e por condenados em início de cumprimento de pena, por prazo de até 90 dias, até ser encaminhado para uma penitenciária.

Os moradores do bairro São Cristóvão e adjacentes são contrários a obra.

CADEIA ATUAL

A cadeia pública de Umuarama foi construída em 1.983 para abrigar 64 presos. Na quinta-feira (19) o local estava com 265 homens.

DELEGACIA CIDADÃ

Outra reivindicação é a construção de uma Delegacia Cidadã. O novo modelo tem como prioridade o atendimento ao público e não tem a presença de cadeia pública. Um ofício foi encaminhado pelo deputado estadual Delegado Fernando ao prefeito Celso Pozzobom pedindo a doação de um terreno de pelo menos 2 mil metros quadrados para a instalação da estrutura.

Segundo o delegado-chefe da 7ª SDP, Osnildo Carneiro Lemes, o pedido inicial formulado a Pozzobom fica localizado próximo ao Batalhão da Polícia Militar. “Estamos no aguardo”, disse.

A Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Umuarama informou que o assunto ainda está em estudo mas não há decisão final.