Umuarama

Infraestrutura

Parque privado oferece benefícios gratuitos para o crescimento de empresas

24/11/2020 12H42

O Biopark é um Parque Tecnológico privado com mais de 5 milhões de m²

Quais estratégias minha empresa deve adotar para crescer? Como conquistar diferenciais competitivos que realmente façam a diferença na lucratividade do meu negócio? Se você é empreendedor, com certeza essas dúvidas já passaram pela sua cabeça.

Foi com base na experiência de mais de 40 anos em gestão empresarial e, respondendo a muitos desses mesmos questionamentos e problemas, que o empresário Luiz Donaduzzi fundou o Biopark – Parque Tecnológico localizado em Toledo, há aproximadamente 130 quilômetros de Umuarama. Após ter consolidado a indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi como a maior produtora de doses de medicamentos genéricos do Brasil, Donaduzzi iniciou os investimentos no novo projeto, que já vinha sendo planejado durante toda sua carreira de empreendedor e foi lançado em 2016.

O desenvolvimento de um ambiente propício para que empresas encontrem o suporte necessário para o crescimento, é um dos grandes objetivos do Biopark. Para isso, foi criado o Programa de Residência para Empresas, que oferta benefícios que atendem os negócios em diversos aspectos. Entre eles destaca-se a estrutura física para instalação de empresas sem custo de aluguel pelo período de um ano em espaços que vão desde salas exclusivas para escritórios, áreas industriais ou coworking, de acordo com a necessidade.

Entre os benefícios mais citados pelas empresas como diferenciais para estarem no Biopark, estão as mentorias. Elas são ofertadas nas mais diversas áreas – comercial, marketing, financeiro, entre outras, sem custo para as empresas e realizadas por profissionais experientes. “Nossos mentores já resolveram os mesmos problemas que o empresário possui no dia a dia, por isso, as mentorias possuem foco prático”, destaca Luiz Donaduzzi.

Luiz Donaduzzi, fundador do Biopark

Somam-se ao pacote de benefícios outros fatores como visibilidade, networking, credibilidade e o acesso a serviços nas áreas financeira, jurídica, contábil, RH, marketing, entre outros, com valores negociados pelo Biopark. Como um ecossistema que contempla ainda iniciativas na área de educação com três instituições federais (UFPR / UTFPR / IFPR) e uma privada, o Biopark Educação/Polo UniAmérica, as empresas recebem apoio para formação de mão de obra.

As mais de 90 empresas instaladas no Biopark atuam em áreas relacionadas à tecnologia da informação, saúde e agronegócio. Destas, cinco são internacionais. “Todos os dias aparecem novas empresas com produtos fantásticos, mas percebemos que, principalmente as pequenas, possuem dificuldades com relação à gestão, em como fazer marketing e organizar a área comercial, e tudo isso nós podemos ensinar”, ressalta Donaduzzi.

Uma das empresas residentes no Biopark é a Flexvet, de Umuarama, pioneira em soluções inovadoras para o mercado da odontologia veterinária. A empresa é residente no Biopark desde junho e viu no Empreendimento a possibilidade de estar em um ambiente acolhedor capaz de impulsionar o desenvolvimento do negócio. “O Biopark é exatamente o que eu preciso, ofertando todos os incentivos necessários e acolhimento para ajudar o projeto a avançar”, explica Dirceu Máscimo Junior, fundador da empresa.

Em troca dos benefícios oferecidos, as empresas assumem um compromisso de crescimento e geração de novos empregos. “Para nós o Biopark tem o significado de sentido de vida e queremos que todos ganhem com a sua consolidação. As empresas que estão conosco, pelo menos as pequenas e médias, têm que crescer pelo menos 100% ao ano, porque terão as ferramentas para isso”, finaliza o Empreendedor.

As empresas interessadas em saber mais sobre o Programa de Residência do Biopark, podem entrar em contato pelo site www.biopark.com.br/empresas ou pelos telefones (45) 99988-0086 (WhatsApp) e (45) 2036-3612.

Um local para viver, crescer e inovar

A Flexvet, de Umuarama, é uma das participantes do Programa de residência do Biopark.

Com área de mais de 5 milhões de m², o Biopark tem o objetivo de transformar Toledo e Região em referência nas áreas de pesquisa, inovação e geração de negócios. O projeto 100% privado possui metas audaciosas de gerar 30 mil empregos e contar com uma população estimada de 75 mil pessoas. Os investimentos no local já ultrapassam os R$ 300 milhões.

Em educação, o Biopark conta com quatro universidades e se destaca a aplicação de metodologias ativas de ensino, que levam a inovação para a sala de aula, formando profissionais com competências verdadeiramente adequadas ao que o mercado de trabalho exige.

Quando se trata de Pesquisa e Desenvolvimento, são realizados projetos nas áreas de Biomateriais, em parceria com a Université Laval, do Quebec (Canadá), o Instituto Erasto Gaertner, de Curitiba, além de outros parceiros, e Manufatura Aditiva que possui foco na área da saúde através da produção de próteses e órteses em impressoras 3D. Destaca-se ainda o laboratório de pesquisa na área de Queijos Finos – projeto que visa elevar a bacia leiteira regional a outro patamar, através da transferência de tecnologia para produção de queijos com alto valor agregado.

Na área de negócios, o Biopark conta com mais de 90 empresas instaladas, entre elas, importantes âncoras como a indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi, que está construindo no local um novo centro de distribuição de medicamentos. Também está confirmada a instalação de um Complexo Hospitalar e de Saúde do Grupo Sempre Vida.